Para aliviar o tráfego, empresas do Brasil pedem a seus funcionários trabalhem a partir de casa

Geralmente situados em lados opostos, os ‘hackers’ e as empresas de são Paulo encontraram, no entanto, um inimigo comum: o avassalador trânsito da maior cidade da América do Sul, onde se mobilizam diariamente 7.5 milhões de veículos.

Os 11 milhões de habitantes desta megalópole apoiam a iniciativa. Não só por 3 ou 4 horas diárias que perdem no trânsito imóvel, mas também porque é um tema muito sensível socialmente. Os custos e a qualidade do serviço de transporte público foram o estopim de protestos violentos de junho do ano passado.

Além disso, as melhorias em mobilidade prometidas para a Copa do Mundo deste ano foram atrasado e terão um custo de 54 milhões de reais (US$23 milhões) a mais do que o previsto. Uma delas só estará disponível depois de terminar o torneio.

As boas notícias: duas experiências-piloto mostram que o déficit de infra-estrutura pode ser compensado, ao menos em parte, com criatividade e tecnologia.

Um busca o que os paulistas usam menos o carro e mais o transporte público; o outro pretende-se melhorar a qualidade desse transporte através de -passe a redundância – aplicativos móveis.

Viagens sem carro

Dez empresas locais, de tamanho médio, com um total de 1.500 funcionários, ofereceram ao seu pessoal a possibilidade de ter horários flexíveis ou trabalhar a partir de casa. Também fornecem subsídios para aqueles que usam o transporte público, veículos fretados ou de bicicleta. a percentagem de trabalhadores que levam passou de 53% para 50%. O uso do transporte público, por sua vez, aumentou de 29% para 31%. Também o uso de veículos fretados aumentou de 6% para 10%.

A alteração pode parecer pequena, mas é sintomático, tendo em conta que a participação é voluntária. Quando olhamos para os números das empresas de forma individual, percebe-se que há melhores resultados quando a direção da empresa se envolve.

Apoio móvel

Cadê o Ônibus? (Onde está o ônibus?) é parte do esforço para melhorar a qualidade do transporte de massa, dando-lhe mais controle ao usuário. A aplicação foi escolhida como vencedora de um grupo de 15 applicacioness finalistas em um concurso público. A ‘app’ alerta os usuários sobre a quantidade de passageiros que viajam em uma determinada unidade, além de outros problemas em tempo real, como por exemplo, o tráfego e os horários de chegadas dos ônibus para a estação.

Conheça 4 responsabilidades do Detran SP

Se você é do estado de São Paulo, provavelmente você já ouviu falar sobre o Detran SP, afinal, ele está presente em todos os assuntos que remetem ao trânsito.

Se ainda tem dúvidas do que é ou como funciona esse órgão, este é o post certo para você! Confira 5 das responsabilidades principais do Detran SP.

O que é o Detran?

O chamado Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) foi criado em 1903, com o nome de Diretoria do Serviço de Trânsito, e tinha, basicamente, a função de disciplinar o trânsito. Os serviços principais você pode acessar a partir de detransp2020.com.br com tutoriais completos de como fazê-los por meio da online no site oficial ou aplicativo disponível na Play Store e Apple Store. 

1. Carteira Nacional de Habilitação

A responsabilidade mais conhecida do Detran SP é a emissão da Carteira Nacional de Habilitação, CNH. É este órgão que faz a realização das aulas teóricas, da prova teórica, dos exames psicológicos e físicos, da capacitação do motorista para dirigir, das aulas práticas, da prova prática, e, finalmente, da emissão da habilitação.

Embora a carteira de habilitação seja emitida no Detran de cada estado, ela é válida em todo o território nacional. É o Detran SP quem monita todas as CNH emitidas no estado e concede as permissões para novos motoristas.

A emissão da carteira nacional de habilitação é responsabilidade do Detran SP (Reprodução/Detran)

2. Permissão para dirigir e segunda via

Desse modo, é o Detran SP quem emite a segunda via da carteira de habilitação, em caso de perda ou extravio, e também em caso de fim da suspensão do direito de dirigir.

Para os novos motoristas que passaram nos exames teóricos e práticos, é emitida uma Permissão para Dirigir (PPD), em vez da CNH. Se o portador não cometer nenhuma infração de natureza gravíssima, grave ou média, após um ano ele recebe a habilitação definitiva.

Ambas são emitidas pelo Detran SP.

3. Autuação de motoristas

Não é responsabilidade do Detran SP monitorar infrações de trânsito, como, por exemplo, passar no sinal vermelho do semáforo ou estacionar em local proibido.

No entanto, quando essas infrações passam para a Polícia Militar, é o Detran quem aplica as devidas autuações. Dependendo da gravidade da infração cometida, reflete em pontos na carteira de habilitação – que, se chegarem a 20, resultam na suspensão do direito de dirigir –, multas, suspensão ou cassação da carteira.

É possível consultar todas essas medidas através do sistema digital do Detran SP, por ser ele quem monitora essas aplicações.

4. IPVA e DPVAT

O Detran SP também é responsável pelos débitos relacionados ao veículo. Os dois mais famosos são o IPVA e o DPVAT, ambos pagos no início do ano.

O chamado Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores se trata de imposto estadual com o objetivo de arrecadação de dinheiro sobre os veículos registrados no sistema.

É um imposto relacionado somente ao estado, sem vínculo com o Governo Federal. Esse dinheiro é arrecado pelo Detran, distribuído entre os locais de recolhimento e regularizando a situação do veículo.

O IPVA, recolhido pelo Detran SP, é relacionado apenas a veículos terrestres, ou seja, não aborda barcos ou aviações.

Já o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres, conhecido por DPVAT, é um seguro pago obrigatoriamente junto da parcela do IPVA.

O dinheiro recolhido por esse seguro garante a indenização em caso de acidentes de trânsito, independente do culpado. Ele cobre mortes, invalidez permanentes e despesas hospitalares devidamente comprovadas.

Essas duas arrecadações relacionadas ao trânsito são de responsabilidade do Detran SP, assim como a emissão dos documentos que comprovam a regularidade da situação fiscal do motorista.

Quanto se paga de IPVA no Brasil? Confira aqui as taxas atualizadas

O IPVA (Imposto sob Propriedade de Veículo Autônomo) é um dos impostos mais custos aos brasileiros quando o assunto é ter um carro. E a taxa não é só para quem compra um zero quilômetros, mas implica a todos os veículos registrados com até 30 anos de fabricação – o que inclui ônibus, caminhões, aeronaves e até jetski.

Os valores são cobrados pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de cada estado e podem ser obtidos os boletos por meio do ipva.org. Entretanto, quem gerencia mesmo o dinheiro é a Secretaria de Fazenda de cada localidade do Brasil.

Se engana quem acha que o valor dos impostos recolhidos é usado somente na manutenção de rodovias. Conforme determina as leis de diretrizes orçamentárias o recolhimento pode ser usado para investir em qualquer projeto, o que deve ser definido pelos legislantes de cada estado até um ano antes no orçamento do ano.

Isso quer dizer que as parcelas caras do seu IPVA podem estar sendo usadas para a construção de uma nova creche – e não necessariamente tapar um buraco na rua.

Quanto se paga de IPVA no Brasil

Cada ano as alíquotas variam e são novamente divulgadas pelos estados. Entretanto, os valores médios da taxa são de 1% a 4% sobre o valor do carro. Para saber qual é ele usa-se a tabela FIPE como indicador.

No valor da Tabela FIPE os preços são calculados baseando-se no valor de mercado do veículo. Por isso, toda vez que passa um ano ou alterações no documento do veículo poderão trazer mudanças nos valores devidos de IPVA.

A taxação também é diferenciada por categoria de veículo. Em geral, quem transporta passageiros tende a pagar mais caro do que quem tem somente utilitários.

Confira o valor aproximado em cada um dos estados:

  • Acre – 2% – R$ 783,08
  • Alagoas – 2,75% – R$ 1.076,74
  • Amazonas – 2% – R$ 783,08
  • Amapá – 3% – R$ 1.174,62
  • Bahia – 2,5% – R$ 978,85
  • Ceará – 2,5% – R$ 978,85
  • Distrito Federal – 3,5% – R$ 1.370,39
  • Espírito Santo – 1% – R$ 391,54
  • Goiás – 3,75% – R$ 1.468,28
  • Maranhão – 2,5% – R$ 978,85
  • Minas Gerais – 4,0% – R$ 1.566,16
  • Mato Grosso – 2% – R$ 783,08
  • Mato Grosso do Sul – 3,5% – R$ 1.370,39
  • Pará – 2,5% – R$ 978,85
  • Paraíba – 2,5% – R$ 978,85
  • Paraná – 3,5% – R$ 1.370,39
  • Pernambuco – 3% – R$ 1.174,62
  • Piauí – 2,5% – R$ 978,85
  • Rio de Janeiro – 4,0% – R$ 1.566,16
  • Rio Grande do Norte – 3% – R$ 1.174,62
  • Rio Grande do Sul – 3% – R$ 1.174,62
  • Rondônia – 2% – R$ 783,08
  • Roraima – 3% – R$ 1.174,62
  • Santa Catarina – 2% – R$ 783,08
  • Sergipe – 2,5% – R$ 978,85
  • São Paulo – 4,0% – R$ 1.566,16
  • Tocantins – 2,5% – R$ 978,85

Para se fazer o cálculo foi usado como base o Onix Chevrolet Joy 1.0 zero km de janeiro de 2018 que tem o valor na Fipe fixado em R$ 39.154,00. O mesmo modelo é um dos mais vendidos no país desde 2016.

Como receber desconto

Quem pagar as parcelas em dia pode ganhar descontos e o pagamento à vista pode resultar em desconto de até 10% em alguns estados do Brasil. Entretanto, as parcelas são determinadas por cada Estado e devem ser divulgadas anualmente.

Outra forma de conseguir pagar a taxa em dia é usar os fundos da sua nota premiada como a Nota Paulista, Nota Carioca, Nota Gaúcha ou Nota Curitibana. Em qualquer local existe a possibilidade de usar os débitos para desconto do valor do IPVA – e sem precisar fazer transações financeiras complexas.

 

A realidade sobre o mercado automotivo no Brasil

Não é de hoje que se sabe que os preços dos carros no Brasil são mais altos se compará-los com o demais mercado automotivo. Entretanto, não é só na carteira que o brasileiro sai perdendo quando o assunto é ter um carro novo na garagem. Aqui, você descobre as verdades não ditas sobre o mercado automotivo brasileiro.

Custos extras repassado ao cidadão

Custos externos e impostos mais elevados em muitos mercados, há também a ação da famosa lei da oferta e da procura: quando a procura excede os preços da oferta sobe e vice-versa. Foi a explosão da demanda do mercado brasileiro que mais influenciou os preços até setembro de 2008.

Ampla oferta de crédito encarece os preços finais

A ampla oferta de crédito levou muitos consumidores a lojas. Com a produção no limite, auto, montadoras e concessionários poderia lidar com maior margem de lucro, uma vez que não tem o mercado automóvel. Assim, os preços subiram e as pessoas deixaram o carro para comprar, entre novembro e dezembro, quando a crise abalou o comportamento do mercado e o governo reduziu a recuperação de IPI, tem um melhor negócio.

Agora o jogo mudou. Com a queda nas vendas de carros, nenhum montador é arriscado, até agora, mudar a lista de preços. Para 2020 o mercado prevê-se um aumento dos preços, uma vez que os efeitos da redução dos preços e da desvalorização ainda não são claros e, portanto, difíceis de se prever.

A diferença de tecnologia em relação aos países desenvolvidos

A diferença de preços é ainda mais acentuada pela diferença tecnológica. Na Europa, a General Motors vende o Corsa de duas gerações mais jovens do que o modelo vendido no Brasil, com o número de aprimoramentos de segurança, como ABS, controle eletrônico de velocidade, controle de tração, controle de estabilidade, automático de correção do tempo de luzes, airbag de duas fases para motorista e passageiro, antifurto eletrônico, luz do travão adaptativa (pisca freio em caso de emergência), direção assistida, vidros elétricos, etc.. E o preço de um Corsa na Itália é de 12.401 euros, equivalente a R$ 38.690.

Uma versão mais completa do Modelo No Brasil é 1,8 Super Sport, com o valor de US $ 43,546. Entre os itens do modelo da série estão o sistema hidráulico de direção, alarme anti-roubo, luz de nevoeiro da lanterna acoplada traseira, pedal para baixo em caso de Impacto, Ar condicionado, janelas elétricas e fechaduras.

O mesmo é observado com produtos de outros fabricantes. O Fiat Punto com airbags, antifurto eletrônico, ABS, controle de tração, controle de estabilidade, etc.., De 11.901 euros, ou us $ 37.130. No mercado brasileiro, a versão de entrada do Punto 1.4 custa US $ 38.368 .

Mas a Ford Fiesta, uma geração mais jovem, custa 11.151 euros, equivalente a r $ 34.790 e vem com ABS, airbags dianteiros, lado e pernas do motorista, antifurto eletrônico, direção elétrica, um dispositivo para prevenir o fogo, entre outros itens . Uma versão mais completa da Fiesta no Brasil – com motor 1.6, direção hidráulica, airbag, freios ABS, entre outros itens – deixa por US $ 45.685.

 

Prateleiras para cozinha

Como usar prateleiras na decoração da sua casa

As prateleiras flutuantes na cozinha se tornaram uma alternativa muito popular para usar exclusivamente como armários superiores. Eles são frequentemente feitos de madeira pintada, madeira manchada (aparência rústica ou moderna) ou metal.

A principal razão pela qual as prateleiras flutuantes são tão populares é porque elas são mais baratas do que os armários fechados e também quebram a monotonia de vários gabinetes idênticos seguidos.

Muitas pessoas preferem a mistura de armários superiores e prateleiras flutuantes porque os itens nas prateleiras podem adicionar alguma cor a uma cozinha um tanto estéril. Outras pessoas usam prateleiras flutuantes acima de seus armários inferiores e não usam armários superiores.

É importante se certificar se o local que você irá colocar suas prateleiras flutuantes sejá fácil de limpar. As estantes abertas permitem que mais poeira seja depositada nos itens do que as estantes fechadas. Isso é especialmente um problema em uma cozinha, já que é onde a gordura fica em toda parte, mesmo que você não a veja. A graxa aterra nos itens e cria quase uma cola onde a poeira é atraída e grudada.

Muitas pessoas gostam de guardar seus pratos do dia a dia em prateleiras flutuantes para garantir que sejam limpos regularmente e não coletem uma camada de poeira. Manter as prateleiras flutuantes limpas normalmente requer a remoção semanal de todos os itens nas prateleiras, limpar as prateleiras, depois limpar os itens que estavam nas prateleiras e finalmente devolver os itens para as prateleiras. Para reduzir a quantidade de poeira em sua cozinha, certifique-se de trocar regularmente os filtros de ar do seu ar condicionado, caso tenha um.  Para reduzir a quantidade de gordura na sua cozinha, também é ideal contar com um exaustor ou ventilação de descongelamento toda vez que cozinhar.

Também é importante estar atento as cores que fazem parte da cozinha, pois a combinação de itens excessivamente coloridos podem ser uma sobrecarga para os olhos.

Prefira decorar suas prateleiras usando várias cores neutras com apenas um tom chamativo, em uma menor quantidade. Se você é alguém que ama uma abundância de cores, selecione de 3 a 5 cores para itens em suas prateleiras flutuantes e apenas decore com itens nessas cores.

Essas cores podem ser repetidas em sua arte, tapete e outros acessórios em toda a sua cozinha para criar um design coeso. Evite decorar com as cores primárias de vermelho, amarelo e azul que tendem a parecer juvenis. Em vez disso, opte por cores mais exclusivas, como verde-maçã, turquesa, bordô, azul marinho, coral, orquídea, ferrugem, verde-azulado, verde-azulado, cobalto, ameixa, magenta ou verde esmeralda.

Prateleiras

Como decorar quartos pequenos

Os quartos são o ambiente da casa em que usamos para descansar daquele dia exaustivo, e para isso nada melhor do que uma decoração que torne o ambiente ainda mais aconchegante sem perder o estilo.

Se o espaço é o seu problema, nesse artigo você vai aprender que é sim possível decorar um quarto pequeno de forma prática que o torne ainda mais aconchegante e com uma aparência maior.

  • Faça uso de cores claras

As cores mais escuras podem causar a aparência de que o espaço é ainda menor, portanto, prefira o uso de tons neutros, que auxiliam na sensação de amplitude o local. Também é legal, revestir uma parede com papel de parede ou adesivos que tirem a seriedade e o classicismo do ambiente, mas sempre opte pelos desenhos minimalistas e em cores claras, pois uma composição colorida pode deixar o espaço mais pequeno.

  • Use espelhos

Os espelhos são o item essencial se você quer causar a sensação de amplitude, pois exerce a função de proporcionar um aspecto maior nos espaços. Nos quartos é interessante que eles sejam colocados nas portas dos guarda-roupas, e que estes sejam de correr, assim não ocupam espaço na parede.

Essas são as melhores amigas da organização que além de ajudar a customizar o espaço, se tornam lugares para armazenar objetos, facilitando a arrumação do quarto. Uma ótima ideia, é inserir prateleiras acima da cama, que pode ser harmonizado quando combinado com a decoração da cama.

  • Insira objetos decorativos

Os porta-retratos podem ser importantes aliados para a decoração, pois além de deixar o espaço ainda mais bonito, trazem consigo lembranças de momentos e pessoas especiais. Tapetes, pufes, quadros e almofadas também ajudam a criar um ambiente muito mais aconchegante e com um charme a mais.

  • Faça um mural de fotos

Mesmo sendo algo comum na decoração, os murais de fotos, podem ser importantes itens decorativos no seu quarto, basta usar e abusar da criatividade. Fazer algo que reflita e transmita a felicidade e alegrias de momentos inesquecíveis podem ser chaves ideais para decorar um espaço.

Existem diversas formas de montar murais de fotos, mas o mais divertido é você mesmo fazer, com objetos que você já tenha na sua casa. Tem desde o estilo tradicional, onde as fotos são coladas com fita adesiva formando alguma forma que fique legal na decoração, como as mais complexas com luzes e etc.

Mural de fotos

O mural de fotos no estilo varal, pode ser montado com o uso de um barbante, ou até mesmo no próprio fio de luzinhas de pisca pisca, que ajuda a criar um clima ainda mais especial e aconchegante, se tornando o grande destaque da decoração.

Lembre-se: Decore o espaço do seu jeito, seja criativo e exponha a sua personalidade no seu quarto.

Som Automotivo: Saiba Como Montar Seu Projeto

Quem não quer desfrutar de uma qualidade de som superior ao dirigir – especialmente quando a viagem vai levar horas? Isso porque assim você consegue distrair sua cabeça e quando percebe, nem falta muito tempo para chegar no lugar de destino.

Um carro pode ser um ótimo lugar para curtir música, mas muitas pessoas ainda apresentam uma qualidade de som relativamente baixa que nunca tolerariam em casa. Outros, particularmente os aspirantes e viciados em músicas, atualizam seus sistemas de som, mas cometem erros comuns de instalação que comprometem a qualidade do som e impedem que os componentes atinjam seu pleno potencial, isso porque não possuem informações completas ou seguras sobre como executar essa mudança.

Existem inúmeras maneiras de melhorar a qualidade do som em seu veículo, quer você tenha um sistema estéreo de fábrica simples ou um sistema de áudio personalizado. Você não precisa viver com um som ruim e incomodar seus ouvidos, ter que estar sempre procurando meios de arrumar eles.

Substituir os alto falantes instalados na fábrica é uma das maneiras mais eficazes de experimentar uma grande diferença em termos de qualidade de som. A maioria dos alto-falantes instalados na fábrica não costumam ser bons. Eles deixam muito a desejar. Como por exemplo ao comprar um módulo Taramps, você pode começar a sentir a diferença rapidamente.

Ao instalar um par sólido de alto falantes de reposição, você ouvirá graves mais claros e mais clareza geral, e provavelmente notará detalhes que sempre fizeram parte de suas faixas favoritas, mas permaneceram ocultos atrás dos seus alto-falantes de fábrica.

Então, antes de pensar em adicionar um amplificador, ou um subwoofer, ou o que quer que esteja em sua mente, comece substituindo seus alto falantes. Real por real, atualizando seus alto-falantes é um ótimo primeiro passo no caminho para um melhor som, além de um ótimo jeito de economizar dinheiro também.

Materiais de amortecimento de som, reduzem significativamente a vibração e o ruído da estrada, o que resulta em uma experiência de audição mais silenciosa em seu carro.

Primeiro, você já viu ou ouviu falar de um alto falante montado diretamente na chapa metálica? Absolutamente não. O metal não é de forma alguma som acústico, e é o pior material para um alto falante estar. No entanto, é exatamente isso que está dentro da maioria dos veículos, e é exatamente assim que a maioria dos alto falantes do carro é montada. Em um monte de lata. Essa é a razão pela qual quando você aplica os painéis das portas do carro, ele amortece as vibrações e cria um ambiente mais acusticamente amigável para os alto falantes do seu carro, sinta o seu som melhorando muito e aos poucos.

Como melhorar a qualidade de som do meu carro?

Um carro pode ser um ótimo lugar para curtir música, mas muitos passageiros ainda têm uma qualidade de som alto demais da qual nunca tolerariam em casa. Outros montam sofisticados sistemas de som para seus carros e cometem erros comuns de instalação que impedem o sistema de atingir seu potencial máximo.

Os melhores sistemas de som para carros contam com equipamentos decentes. Eu juntei algumas sugestões sobre como melhorar o som em seu veículo, com dicas para sistemas de fábrica simples e configurações mais sofisticadas. Você não precisa viver com sons ruins em seu carro. Mesmo as melhorias mais simples na instalação do sistema de som do seu carro podem produzir resultados notáveis.

Na maioria dos casos, os alto-falantes são a última coisa que um fabricante pensa ao projetar e construir seu carro. Os sistemas de áudio de fábrica melhoraram ao longo dos últimos anos, mas muitos dos chamados sistemas “premium” ainda usam amplificadores e alto-falantes relativamente baratos que não oferecem um som de alto nível.

Você pode fazer uma grande diferença na qualidade de som do seu sistema instalando um bom conjunto de alto-falantes de reposição. Você ouvirá graves mais claros e mais clareza geral, e provavelmente notará detalhes que nunca ouviu antes em músicas que conheceu há anos.

Os alto-falantes de substituição proporcionam o máximo de desempenho possível para você, então eles são um ótimo primeiro passo na estrada para um melhor som.

Você pode armazenar mais arquivos de música em seu reprodutor de músicas se usar maior compactação e eles soarão bem quando você estiver ouvindo fones de ouvido. Mas você perde algumas informações de alta e baixa frequência ao compactar suas músicas, além de alguns detalhes que tornam sua música interessante. E, em um sistema de áudio bom carro, você pode realmente dizer que algo está faltando.

Não se contente com a configuração padrão ao criar seus arquivos. Se você quiser usar o seu iPod, smartphone ou MP3 player no seu carro, tente usar a menor compactação possível. Quanto maior a taxa de bits, melhor será a sua música através do sistema do seu carro. E se você transmitir música, explore as configurações do seu aplicativo de música favorito para aumentar a qualidade do seu áudio.

Conheça as loterias especiais da Caixa e concorra a grandes prêmios!

Ganhar um prêmio alto com um pequeno investimento é o sonho de muitos brasileiros. Uma empresa que dá essa possibilidade é a Caixa Econômica Federal, principalmente por meio das loterias especiais – prêmios sorteados em datas certeiras em determinados momentos do ano.

Jogar na MegaSena é um hábito de muitas pessoas, afinal, são poucos reais que são investidos e que podem se reverter em milhões apenas por acertar os números corretos. Veja abaixo quais são as loterias especiais e que prometem valores muito mais altos do que o comum, você pode fazer esses jogos abaixo em todas as loterias da Caixa.

Quais são os sorteios especiais da Caixa?

São quatro loterias fornecidas pela caixa que com certeza você já ouviu falar ou até mesmo já apostou: LotoFácil, Dupla Sena, Quina e a famosa Mega Sena.

Semanalmente são feitos os sorteios dessas loterias, porém existem aqueles com maior valor e que são feitos em datas especiais, como por exemplo: o do Dia da Independência, Páscoa, Festas Juninas e o Ano Novo (Mega da Virada).

E qual a diferença? Na verdade a única diferença é no valor dos prêmios, que são bem mais altos. O processo de aposta é igual o da semana, não há mudanças.

Outra diferença importante é de que esse valor não acumula. Quem for o sortudo e ganhar esse prêmio possui 90 dias para a retirada do valor. Se ninguém vai buscar esse dinheiro, ele é destinado ao FIES como um investimento na educação.

Os principais sorteios especiais das loterias Caixa: quais são?

Dupla Sena de Páscoa

Com a primeira edição lançada no ano de 2017, ela substituiu a lotomania de Páscoa. A última ganhadora levou o total de R$35.480.875,28 reais.

A principal vantagem em relação a lotomania é a chance de ter mais ganhadores e você também pode concorrer duas vezes para a mesma aposta.

Você precisa escolher de 6 até 15 números entre 50 disponíveis. Desse modo o ganhador tem que acertar 6 dezenas. Porém quem acertar 4, 5 e 3 números também tem a possibilidade de levar prêmios para casa. O valor é menor, porém ainda assim é dinheiro na conta.

Quina de São João

Criada logo após o grande sucesso da Mega da Virada, ela é sempre realizada no mês de junho – perto das festas juninas e julinas aqui no Brasil.

O valor dela em relação as normais é o valor, que é bem mais alto. Esse é o principal diferencial quando comparado as loterias comuns e feitas semanalmente.

Você precisa só escolher 5 números entre os 80 disponíveis, caso acerte, levará para casa o valor em dinheiro.

Lotofácil da Independência

Feita sempre no mês de setembro, ela é conhecida por ser uma das mais simples de se ganhar, porém geralmente o seu valor total é dividido em uma grande quantidade de ganhadores.

O prêmio é considerado “baixo” em relação aos outros, porém o último valor foi a bagatela de R$89.610.756,66 reais, divididos no total de 51 pessoas. Ou seja, R$ 1.757.073,66 para cada ganhador.

Mega da Virada

Um dos sorteios especiais mais antigos realizados e mais esperado pelos apostadores, isso porque o seu valor é super alto: o último prêmio foi o simples valor de R$ 250 milhões de reais.

Esse sorteio é realizado na virada do ano, o que deixa as pessoas que apostaram sempre muito ansiosas pelo resultado e na esperança de começar o ano literalmente com vida nova.

Mas vale a pena apostar nesses sorteios?

Com certeza! Afinal, com uma aposta menor que R$ 5 reais muitas vezes você tem em suas mãos a possibilidade de ficar milionário, ou ganhar uma quantidade de dinheiro que não estava prevista nos seus ganhos mensais.

Ideias para decorar com pomares urbanos

Tenho que reconhecer que os pomares urbanos-me chiflan. Levo já não sei por quanto tempo, dando voltas em torno da idéia de colocar um pequeno laranja ou limoeiro na varanda para que nos encha a visão de cores… Ou diretamente plantar lindas alfaces e tomateras, que lindas são! Porque além de ser uma idéia sustentável, ecológica e ahorrativa, as hortas urbanas são uma maneira bonita e original de decorar terraços e varandas: com eles, sais um pouco do espartilho “decorar com plantas” mas você continua preenchendo todo de verde, com um toque de cores especial que dão frutos. Mas, às vezes, imaginamos os pomares urbanos, como nos imaginamos os pomares “de verdade”: uma grande extensão de terra sem muita alegria à vista. Nada mais longe da realidade! As idéias para decorar com pomares urbanos que vos trazemos hoje, você vai ver que o belo e o prático se dão a mão.

Uma das formas mais resultonas de decorar com hortas urbanas é usar caixas recicladas, recipientes de madeira e paletes. Além de que a madeira, como material natural que é, está tão na moda como tudo o que é DIY, utilizá-la em suas múltiplas formas para criar um jardim urbano traz o toque rústico necessário para imaginar, por que não?, que está em pleno campo cultivando escarolas.

O uso de paletes para montar uma horta urbana na varanda nos inspira outra boa idéia, que você apreciará especialmente se você não tiver muito espaço: os pomares urbanos verticais, com os quais você pode cultivar os seus legumes decorando a parede e evitándote de passo irritantes dores nas costas.

Mas se você não tem varanda em casa, não se preocupe! Não é necessário ter espaço ao ar livre para desfrutar do seu pequeno pomar urbano: você pode montártelo diretamente na cozinha, e até mesmo transformá-lo em algo maravilhoso como é um porta-condimentos vivo. Não há como ter as mãos na massa e cortar diretamente do vaso um pouco de manjericão fresco, orégano ou salsinha. O Ideaza! E, além disso, as especiarias frescas duram muito mais assim.

O que vos pareceu estas ideias para decorar com pomares urbanos? Nós já não podemos resistirnos mais… Que vontade de ter um huertecito na varanda!
Imagens | Clicando em cada imagem, você pode acessar a sua fonte original.
Foto de cabeçalho | Fotolia.
Ideias para decorar com pomares urbanos