curso serviço social ead

Quantos períodos tem a faculdade de Assistente Social?

O bacharelado em Serviço Social, conhecido por muitos também como faculdade de Assistente Social, é um curso que, a cada ano que passa, tem conquistado um número grande de matriculados que buscam ter como profissão o auxílio a quem precisa, uma vez que quem atua nessa área tem como principal objetivo o combate às desigualdades e a busca por soluções que contribuam para que as pessoas tenham uma melhor qualidade de vida.

Para conquistar o diploma de Serviço Social EAD é necessário pelo menos quatro anos de dedicação, o que equivale também a oito períodos. Então fique sempre atento, pois se alguma instituição oferecer um curso de Assistente Social que tenha carga inferior a 3 mil horas/aula, desconfie e jamais aceite, pois esse um descumprimento gravíssimo às normas impostas pelo Ministério da Educação.

Vamos agora elencar quais são as disciplinas, ou melhor, qual é a grade curricular presente em cada um dos semestres que compõem a faculdade de Serviço Social.

1º Período:

  • Prática Textual em Língua Portuguesa
  • Sociologia Geral
  • Filosofia das Ciências Sociais
  • Métodos e Técnicas de Pesquisa
  • Ética e Responsabilidade Profissional
  • Teoria do Direito

2º Período:

  • Estatística Aplicada
  • Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais
  • Língua Brasileira de Sinais – Libras
  • Introdução à Administração
  • Antropologia Social
  • Introdução às Ciências Sociais

3º Período:

  • Introdução ao Serviço Social
  • Fundamentos Teóricos e Metodológicos do Serviço Social I
  • Psicologia do Desenvolvimento
  • Psicologia Social e Comunitária
  • Ciências Políticas
  • Formação Social e Econômica do Brasil

4º Período:

  • Processo de Trabalho em Serviço Social I
  • Fundamentos Teóricos e Metodológicos do Serviço Social II
  • Educação Ambiental e Cidadania
  • Políticas Sociais Públicas
  • Classes e Movimentos Sociais
  • Gestão de Organizações Sociais e do Terceiro Setor

5º Período:

  • Processo de Trabalho em Serviço Social II
  • Regulamentação e Código de Ética em Serviço Social
  • Identidades Culturais e Serviço Social no Brasil
  • Políticas Públicas da Criança e do Adolescente
  • Direito e Legislação Social
  • Serviço Social e os Desafios Profissionais Contemporâneos

6º Período:

  • Serviço Social e Assistência Social
  • Economia Política
  • Políticas Públicas da Terceira Idade
  • Serviço Social e Seguridade – Saúde

7º Período:

  • Relações Interpessoais
  • Assessoria e Consultoria em Serviço Social
  • Política de Saúde e Proteção Social no Brasil
  • Serviço Social e Seguridade – Previdência
  • Tópicos Especiais em Serviço Social

8º Período:

  • Relações Familiares e Gênero
  • Educação e Movimentos Populares
  • Políticas Públicas da Educação Especial
  • Desigualdades Sociais no Brasil

Além de todas essas disciplinas acima listadas, haverá ainda a necessidade de realizar Atividades Complementares, Atividades Integradoras (no 2º, 4º e 6º períodos) passar por Estágio Curricular Supervisionado (no 5º, 6º, 7º e 8º períodos), e por fim, produzir o famoso TCC – Trabalho de Conclusão de Curso.

Onde fazer o curso de Serviço Social?

Esse é um ponto extremamente importante a ser levado em consideração, pois certamente fará enorme diferença tanto no que diz respeito à qualidade do ensino como também ao modo como seu diploma será visto pelo mercado de trabalho. Antes de mais nada, o seu curso de Serviço Social deve ser feito em uma instituição credenciada em EAD com nota máxima pelo MEC.

Certifique-se também de que sua faculdade a distância te dará opção de escolher estudar com ou sem a necessidade de estar conectado à internet. Para isso ela deve disponibilizar materiais didáticos, cujos valores precisam já estar incluídos na mensalidade, compostos por livros impressos e videoaulas em DVD’s para quem prefere o estudo offline, ou esses mesmos conteúdos em suas versões digitais presentes no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), para aqueles que não abrem mão de estudar online.

Certifique-se ainda que esses materiais sempre abordarão o mesmo conteúdo. Para isso eles devem ser produzidos por um mesmo autor. Dessa forma você terá a certeza de que o conceito de unidade está presente, e isso é um diferencial que certamente precisa ser levado em conta quando falamos de graduação EAD.

Tendo esses cuidados na hora de escolher em qual instituição iniciará sua jornada rumo à formação como Assistente Social, você terá a certeza de que suas vontades serão respeitadas, o aprendizado terá o máximo em qualidade, e o seu diploma terá excelente receptividade por parte dos principais setores onde o Serviço Social é executado.

No mais, parabéns por escolher a faculdade de Serviço Social e muito sucesso durante essa tão honrosa profissão!

tecnologia da informação

Perfil de profissional de gestão da tecnologia da informação

Se você está pensando em iniciar um curso de gestão de tecnologia da informação precisa conhecer mais sobre o perfil desses profissionais e o que o mercado de trabalho vai esperar de você, depois de formado. Esse curso tem como objetivo preparar o aluno tanto para a administração de software, banco de dados, mas também para a gestão de pessoas, com foco na melhoria e otimização de processos.

Sendo assim, o profissional de gestão de tecnologia da informação precisa ter um perfil multifacetado. Já que durante o curso, terá acesso tanto às matérias da área da administração, quanto às disciplinas ligadas à computação, aliando a teoria à prática. Ou seja, você precisa saber disso antes mesmo de iniciar o seu curso e estar preparado para desenvolver habilidades nessas duas áreas. Afinal, é esse o perfil mais procurado pelo mercado de trabalho.

Atualmente, pode-se dizer que a área de TI é um parte muito importante no fluxograma de diferentes empresas e o destaque deste setor é o profissional de gestão de tecnologia da informação. Ele é responsável, por meio das perspectivas gerenciais, criar métodos e ferramentas para os processos de uma companhia. Assim como, planejar e organizar o uso de cada tecnologia de uma maneira inteligente, garantindo assim maior crescimento e competitividade para as organizações.

 

Como é o curso de gestão de tecnologia da informação

Se você ficou interessado pela área e acha que se encaixa no perfil exigido para os profissionais de gestão de tecnologia da informação, precisa saber mais sobre o curso. Normalmente, o curso de tecnologia possui de dois a dois anos e meio de aprendizagem. Durante esse tempo, o aluno contará com matérias como:

 

– Introdução à Computação
– Matemática Aplicada
– Algoritmos e Programação
– Comunicação Empresarial
– Gestão de Governança em TI
– Estrutura de Dados
– Sistemas Operacionais
– Redes de Computadores
– Modelos de Gestão
– Arquitetura e Organização de Computadores
– Gestão de Pessoas
– Engenharia de Software
– Direito Empresarial
– Gestão da Segurança da Informação
– Gestão de Projetos
– Cálculo (diferencial e Integral)
– Lógica de Programação
– Infraestrutura de TI
– Gerenciamento de Banco de Dados
– Gestão de Tecnologia da Informação
– Sistemas Inteligentes
– Administração Financeira
– Empreendedorismo
– Segurança e Auditoria de Sistemas

 

Lembrando que essa lista de matérias é apenas uma prévia do que o aluno verá durante o curso de gestão de tecnologia da informação. Além da teoria, o estudante também terá que desenvolver trabalhos e resolver provas sobre os assuntos, precisando alcançar uma média para ser considerado aprovado. E essa base de ensinamento vale tanto para os cursos presenciais quanto para o método EAD.

Aliás, o curso a distância pode ser um boa forma de ter acesso a conteúdo de qualidade sobre o assunto, mas ainda conseguir economizar com a mensalidade. Afinal, o curso EAD tende a ter valores mensais 50% menores do que os de um curso presencial. Sem contar que o aluno não precisa gastar um valor extra com deslocamento até a instituição de ensino e nem perder mais algumas horas no trânsito. E no final do curso, o diploma é o mesmo do presencial, sem distinções.

Como aumentar o desempenho físico com pré-treino?

Aumentar o desempenho físico em treinos na academia é o desejo de muitos, principalmente de quem busca emagrecer ou ganhar massa muscular, podendo atingir resultados mais expressivos em menor prazo.

Existe uma maneira extremamente eficaz de aumentar o desempenho, é só investir em um pré-treino diferenciado. A seguir, indicamos o que pode ser feito para potencializar sua performance. Confira e coloque as dicas em prática!

Dicas de pré-treino para aumentar o desempenho

Seu desempenho em treinos pode ser maximizado ao adotar dicas simples e fáceis no dia a dia, como as que são listadas a seguir:

Alimente-se corretamente

A alimentação pré-treino é importante para ter um melhor desempenho físico em treinos e possibilitar a realização de exercícios mais intensos ou por um período maior. Mas, o que comer no pré-treino?

De modo geral, recomenda-se o consumo de alimentos com taxas elevadas de energia, como os com carboidrato complexo, que possuem índice glicêmico baixo. O organismo absorverá esse carboidrato de forma lenta, liberando energia de maneira contínua.

Justamente por isso esse tipo de alimento é mais indicado no pré-treino, garantindo energia por um longo período e máximo desempenho. É possível ter esse benefício ao consumir grãos e pães integrais e iogurte light, por exemplo.

Um detalhe importante sobre a alimentação pré-treino: nunca faça sua série de exercícios físicos em jejum, porque seu corpo não terá energia suficiente, o que aumenta o risco de gerar problemas como náusea, dor de cabeça e sensação de desmaio.

Hidrate-se

O consumo de água é importante para manter a temperatura corporal e reduzir o risco de desidratação durante a realização do treino. Dê preferência para a ingestão de isotônicos, que melhoram a resistência muscular, além de hidratar.

É fundamental ressaltar que o consumo de água ou isotônico deve ocorrer antes e durante a prática de exercícios, assegurando os benefícios da hidratação em diferentes etapas.

Use suplementos pré-treino

Os suplementos pré-treino são responsáveis por proporcionar uma explosão de energia e dar suporte no processo de ganho de massa muscular. Quando investir nessa dica, procure utilizar suplementos que tenham:

  • Cafeína: estimula a produção de energia e resistência aeróbica em treinos de longa duração. Possui efeito termogênico, ou seja, queima uma maior quantidade de calorias. Além disso, reduz o uso do glicogênio muscular e ajuda na definição dos músculos;
  • Taurina: indicada para ganho de massa magra e para evitar o catabolismo, impedindo que o corpo utilize as proteínas para geração de energia;
  • Arginina: auxilia na formação de músculos, melhora a circulação sanguínea e regeneração celular. Paralelamente, possibilita o aumento da absorção de nutrientes e o transporte de aminoácidos.

A suplementação pré-treino Máximo Desempenho e Energia é uma excelente alternativa com esses ativos. O suplemento também traz em sua composição o BioPerine, que é um potencializador de biodisponibilidade, aumentando a ação de nutrientes.

Outro componente é o inositol, suplemento de vitamina do complexo B. É destinado a manter as células saudáveis e estimular a queima de gordura, auxiliando na perda de peso. Invista na suplementação e tenha um melhor pré-treino.

curso serviço social ead

O que faz um assistente social?

Antes de saber o que faz um assistente social, é importante ressaltar que para exercer a profissão é necessário ser formado em um curso de serviço social, seja ele presencial ou a distância (serviço social ead). Em média a graduação nesta área dura quatro anos e pode ser cursada em apenas um período do dia (manhã, tarde ou noite). Isso permite que você possa conciliar os estudos com uma atividade remunerada. E fique atento, pois a partir do terceiro ano da formação acadêmica de assistente social, você precisará fazer um estágio obrigatório dentro da área do curso de serviço social ead.

Primeiramente, é importante que você saiba que um curso de serviço social tem o objetivo de formar assistentes sociais aptos e interessados em planejar, implementar, coordenar e avaliar as políticas e projetos sociais com o intuito de auxiliar a sociedade. Além disso, mesmo que você opte por uma graduação em serviço social ead o escopo pedagógico do curso é planejado com o objetivo de desenvolver em seus alunos a compreensão crítica de problemas sociais que se relacionam com os movimentos e demandas populares.

Assim sendo, um profissional formado em um curso de serviço social tem como objetivo auxiliar as pessoas que de alguma forma não possuem total acesso à cidadania, ajudando-os a resolver problemas ligados a educação, habitação, emprego, saúde, entre outros. É uma profissão voltada para a promoção do bem-estar físico, psicológico e social, ou seja, voltada para o lado assistencial da sociedade.

Por outro lado, o assistente social pode trabalhar em empresas privadas, órgãos públicos e organizações não governamentais (ONGs) fazendo a orientação, acompanhando pessoas e desenvolvendo programas de assistência dirigidos a diferentes públicos como por exemplo crianças em situação de risco, populações com poucos recursos financeiros ou afetadas por catástrofes naturais, idosos, entre outros.

Dessa maneira, dentro do setor privado há muitas probabilidades para quem cursa uma faculdade de serviço social ead, os profissionais podem atuar em escolas; faculdades; centros de saúde; sindicatos; entidades filantrópicas; creches; consultorias. Atualmente existe ainda possibilidade de aparecer uma vaga para exercer o trabalho de assistente social com pessoas refugiadas no Brasil, seja com serviço de apoio em centros de cuidado; entidades filantrópicas; ou até mesmo em centros educacionais.

Em resumo, as vagas de emprego para assistentes sociais que atuam no setor público são bem diversificadas, porém é importante ressaltar que geralmente será necessário fazer uma prova de concurso público para ingressar nessas instituições.  Entre as principais áreas de atuação públicas temos as escolas; conselhos de direitos e de gestão; administrações municipais, estaduais e federais; serviços de proteção judiciária; redes de serviços sociais do governo e hospitais.

Por fim, como mencionamos anteriormente, existe a possibilidade de quem realiza um curso de serviço social atuar no terceiro setor da economia, que é onde estão as Organizações Não Governamentais (ONGs). Essas entidades civis não possuem fins lucrativos e trabalham com atividades relacionadas aos temas sociais de que se ocupam as políticas públicas de saúde, educação, segurança pública, habitação, entre outras.

Os celulares mais bem avaliados de cada marca em 2020

O telefone celular hoje gerencia uma grande porcentagem de nossas atividades, das nossas atrações, de nossas vidas. Por isso é uma ferramenta quase que fundamental para todo o tipo de ação que fazemos. Então, nós vamos avaliar, comparar e escolher qual é a melhor marca de celulares entre Xiaomi, Huawei e Samsung. Tirar uma conclusão que se concentre em seu melhor desempenho e funcionalidade.

O mercado de móveis é muito competitivo, assim, que as empresas só se dão um mês de trégua para o ano: janeiro. Os principais lançamentos são divididos em dois períodos: fevereiro e março, onde as marcas asíaticas mostraram seus smartphones de referência para todo o ano, e em agosto e setembro, que costuma ser quando a Apple e Google lançam seus modelos mais esperados. Vamos dar uma olhada no melhor móvel da Samsung, Huawei, Xiaomi e outras empresas que conheceremos neste mês.

Tradicionalmente, as grandes marcas apresentaram suas melhores propostas, no Mobile World Congress, ou em torno dele. Agora que foi cancelado, o farão em eventos paralelos, ou em streaming. O mais comum será mostrar o móvel trending para a temporada, que depois pode sofrer diferentes variações ao longo do ano, com o lema Note, Pro, S, etc.

Os fabricantes mais potentes apresentam, não um, mas vários móveis este mês. Para que não se torne pesado, escolhemos um deles, o melhor de cada marca. Se você vai comprar um móvel para os próximos meses, estes vão ser a referência. Como vamos ver, a tendência para esse ano serão as telas de 90 ou 120 Hz, câmeras de 108 MP e processador Snapdragon 865 ou equivalente.Uma vez que apenas foi incluído um móvel por marcas ficam fora outros muito interessantes, especialmente móveis dobráveis ou de gama média e baixa. Dê uma olhada na reportagem Os melhores celulares do mercado, que veremos em 2020 para descobrir outros modelos que serão apresentados este ano.

Agora sim, estes são os melhores móveis de cada fabricante, que serão apresentados em fevereiro:

Os celulares mais bem avaliados de cada marca em 2020

  • Xiaomi Mi 10 Pro
  • Samsung Galaxy S20 Ultra 5G
  • Motorola Edge+
  • Pocophone F2
  • Nokia 9.2 Pureview
  • Sony Xperia 1.1
  • Huawei P40
  • Eealme X50 Pro 5G
  • Xiaomi Redmi 9
  • LG V60 ThinQ 5G

Compare aqui: Xiaomi 8 Vs Xiaomi 9 – qual é melhor?

Xiaomi Redmi 8 ou Xiaomi 9 – Qual é melhor? Comparação

Xiaomi nos oferece importantes modelos dentro dos mesmos faixas de preço, muitas vezes é difícil saber qual escolher, por exemplo, entre a o Xiaomi Redmi 8 e o Xiaomi Mi 9. A companhia chinesa oferece o Xiaomi Mi 9 por um preço muito tentador, em relação ao que poderia ser, no seu lançamento, o que torna possível que nos defrontamos ao gama média Redmi Note 8 Pro.

Antes de passar a conhecer as especificações dos dispositivos, devemos conhecer bem as nossas necessidades para conseguir fazer com o que precisamos. Ambos os terminais são uma boa opção para qualquer usuário, apesar de possivelmente baseada em câmeras, bateria ou potência, optamos por um ou outro modelo. Nada melhor do que comparar a ficha técnica para saber qual é o melhor.

Comparativo de telas e baterias

Nos encontramos diante de dois modelos que chegaram ao mercado com vários meses de diferença, mas devido a isso, existem diversas semelhanças no seu interior e exterior, onde o Redmi Note 8 Pro está baseado em vidro na sua parte traseira, como o Mi 9. Suas telas si que nos mostra diferenças, no caos do Mi 9 com 6,4 polegadas e tecnologia Amoled, enquanto que o Redmi Note 8 Pro é IPS com 6,53 polegadas.

Em tamanho, o Redmi Note 8 Pro é mais pesado, atingindo 199 gramas, em comparação com os 173 gramas de leve Mi 9. Isso é por causa da bateria, onde o Redmi Note 8 Pro conta com cerca de 4500 mAh, contra os escassos 3,300 mAh do Xiaomi Mi 9. Um aspecto importante já ter em conta, onde o Redmi Note 8 Pro, teremos várias horas a mais de autonomia, embora ambos os dispositivos utilizam o MIUI e será suficiente para terminar o dia.

Câmeras e potência

Depende de nossas preferências e necessidades, podemos optar por um dos modelos, em suas câmaras principais, nos encontramos com 64 Mpx no Redmi Note 8 Pro, contra os 48 Mpx do Mi 9. Ambos contam com uma lente grande angular, mais completa, no caso do Meu 9, embora igualmente válidas ambas. No entanto, no que diz respeito ao zoom só está disponível no Mi 9, permitindo-nos obter imagens à distância e de qualidade.

Preços  como fator determinante

Finalmente nos encontramos com o ponto-chave, o seu preço, onde o Xiaomi Mi 9 é mais caro, mas oferece-nos um dos melhores processadores, além de uma memória que começa com 128 GB e até mesmo nos permite optar por 256 GB e aditivos como o carregamento sem fio e inversa. No entanto, o Redmi Note 8, com suas boas câmeras nos permite ter um aparelho muito completo e equilibrado por um valor muito menor, com mais de 100 euros de diferença.

Fica nas mãos do usuário marcar quais são os pontos mais importantes, dependendo das suas necessidades, mas, possivelmente, em nossa opinião optaríamos com o Redmi Note 8 Pro, por a bateria e câmeras, deixando um pouco de lado o processador.

Conheça a famosa Marginal Tietê

Oficialmente denominada SP-15 ou Rod. Professor Simão Faiguenboim, a famosa Marginal Tietê é um conjunto de avenidas e uma rodovia longitudinal que se transformam em apenas uma e que margeiam o rio Tietê, na capital paulista. Esse extenso complexo de avenidas e rodovias liga São Paulo ao Sul e ao Norte do país.

Considerada a principal via expressa de São Paulo por interligar as regiões Oeste, Leste, Norte e Central da cidade, a Marginal Tietê também se conecta diretamente às rodovias Castelo Branco, Anhanguera, Bandeirantes, Presidente Dutra, Fernão Dias e Ayrton Senna, além do Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos e a Rodoviária.

Na Marginal estão situados alguns locais de referência nacional, como o Terminal Rodoviário do Tietê (segunda maior estação rodoviária do mundo, atrás do terminal rodoviário de Nova York) e o Complexo do Anhembi, que é formado pelo pavilhão de eventos e exposições, Sambódromo do Anhembi, Arena Skol Anhembi, Palácio das Convenções, Auditório Elis Regina e o Hotel Holiday Inn.

Marginal Tietê: uma solução logística para sua empresa

Sem dúvidas, a Marginal Tietê é fundamental para São Paulo. Não importa para onde você vá, se você vai atravessar a cidade, precisará passar por ela ou próximo a ela.

Desse modo, ter um centro de distribuição na Marginal Tietê torna-se uma excelente solução logística para qualquer empresa na capital paulista. Estando na via, a empresa terá maior facilidade para entrar e sair da cidade e se locomover entre as regiões de São Paulo. Já pensou em alugar um container na Marginal Tietê?

Contrate um Self Storage na Marginal Tietê em São Paulo

No Self Storage há duas modalidades: o Guarda Estoque e o Guarda Arquivos, opções que são perfeitas para negócios de quaisquer portes, mas principalmente para empresas com espaços compactos.

No Guarda Estoque, o cliente conta com uma área a mais para armazenar adequadamente suas mercadorias, liberando espaço na loja e comércio, sendo muito indicada para e-commerces que necessitam de um centro de distribuição.

Já o Guarda Arquivos é específico para o armazenamento de documentos, especialmente para empresas que não possuem espaço para organizá-los e mantê-los, o que pode danificar tais papéis ou ainda aumentar o risco de perdê-los.

A Guarde Mais é a maior franquia de self storages do Brasil. Contamos com diversas unidades em mais de 10 estados brasileiros.

Como limpar vidros manchados?

Vidros manchados prejudicam a decoração de quaisquer ambientes e nem todo mundo sabe como se livrar desses problemas. Este é o seu caso? Então, confira dicas fáceis de como limpar vidros e elimine manchas de uma vez por todas.

Dicas para limpar vidro manchado

A limpeza de vidros manchados é mais simples do que parece. Seu trabalho será muito mais descomplicado se utilizar um produto específico para limpar vidro, que é desenvolvido para eliminar manchas sem danificar a superfície.

Dê preferência para produtos de limpeza biodegradáveis, que provocam menor impacto no meio ambiente e têm fórmulas superconcentradas, apresentando melhor rendimento e ajudando a economizar em longo prazo.

Depois de garantir um produto de limpeza de vidros, siga este passo a passo para remover completamente as manchas. Separe, previamente, panos limpos e secos para lhe auxiliar:

1. Aplique o produto de limpeza em toda a superfície, sempre de maneira uniforme para garantir a higienização correta;
2. Remova o produto usando um pano seco limpo. Se tiver, é possível trocar o pano por um rodo para vidros;
3. Finalize secando a superfície com outro pano seco e limpo, o que dará mais brilho para o vidro.

Um ponto importante: use panos ou rodo para vidros limpos, senão pode ocorrer transferência de resíduos desses itens para a superfície que acabou de ser higienizada e ter manchas removidas.

Periodicidade de limpeza

Agora que já sabe como limpar vidros manchados, é importante saber que tais marcas podem ser evitadas se a limpeza for realizada periodicamente, garantindo uma superfície sempre bonita.

Mas, quando realizar a higienização? Vidros que são mais expostos à sujeira, como os de janelas ou instalações na cozinha, devem ser limpos semanalmente para evitar o acúmulo de poeira, gordura e formação de manchas difíceis de serem removidas. Já vidros em locais menos expostos podem ser limpos a cada 15 dias.

3 vantagens da porta de vidro na sua casa

As portas de vidro ficaram famosas após seu uso no box do banheiro e começaram a ser utilizadas em outros cômodos, como em salas e lavanderias. Curiosamente, trata-se de uma opção que traz vantagens especiais para toda a casa.

A seguir, listamos as três principais vantagens da porta de vidro, além de dicas sobre onde utilizá-la e transformar completamente a decoração de seu lar. Confira!

3 principais vantagens

A porta de vidro, em todas as suas variações, como de abrir e correr, consegue proporcionar para o ambiente as seguintes vantagens:

1. Melhor aproveitamento da luz

Por ser transparente, a porta de vidro permite o melhor aproveitamento da luz, tanto natural como artificial, tornando os ambientes internos mais iluminados. Com isso, há uma maior sensação de amplitude e continuidade visual, o que faz a diferença na decoração de casas e apartamentos pequenos.

2. Isolamento acústico

Há vidros que são capazes de filtrar o som, proporcionando um bom isolamento acústico e garantindo maior privacidade aos moradores. Ótimos exemplos disso são os vidros laminados e duplos.

3. Otimização do espaço

Um modelo específico é responsável por proporcionar a otimização do espaço, a porta de vidro de correr, porque para abri-la basta deslizá-la. Isso faz com que a área ocupada seja menor e, por isso, essa versão é perfeita para casas pequenas.

Onde utilizar a porta de vidro

São vários os ambientes que pode receber essa versão. É possível, por exemplo, utilizar porta de vidro para sala, quarto, home office, cozinha e lavanderia, inclusive em áreas externas.

Além da casa, a porta de vidro também pode ser utilizada em ambientes corporativos, como em escritórios e salas de reunião, garantindo o devido isolamento acústico.

Quando investir na porta de correr para sala ou qualquer outro ambiente ou modelo, é importante se certificar de que toda a estrutura seja robusta, para minimizar o risco de acidentes ou possibilidade de manutenção contínua.

Problemas comuns no telhado

Problemas no telhado são comuns, especialmente quando não se faz uma manutenção periódica da estrutura. E quais seriam os mais recorrentes? Aqui, apresentamos os casos mais incidentes, suas possíveis causas e como proceder para acertar em reformas no telhado.

Telhas quebradas

Este é o caso mais comum de problemas no telhado. O vento forte pode provocá-lo, o impacto da chuva ou o peso de uma pessoa ou animal. A única opção de conserto é a troca de telhas, garantindo que a estrutura permaneça completa e intacta.

Infiltrações

O acúmulo de água na estrutura do telhado é extremamente perigoso, podendo provocar desde goteiras até o desabamento. Os telhados com goteiras são comuns em casos de telhas quebradas e deslocadas, calhas entupidas ou instalação hidráulica danificada.

Para corrigir a infiltração, recomenda-se contratar um profissional para identificar a causa exata do problema, corrigi-la e analisar se a estrutura do telhado precisa de reformas para manter sua integridade e minimizar o risco de queda.

Telhas desgastadas

Embora a telha seja um material resistente, ela é suscetível a danos, tanto que fica porosa, ressecada e com fissuras com o passar dos anos. O perigo é que muitos nem ao menos notam esses problemas quando eles estão no início, somente quando já atingiram um quadro mais avançado.

Em situações assim, faz-se necessária a troca das telhas quebradas e desgastadas, para eliminar a possibilidade de infiltração ou de entrada de animais na estrutura interna do telhado.

Como evitar problemas no telhado

Quer evitar esses problemas no seu telhado? O segredo está em fazer manutenções e vistorias periódicas na estrutura, o que permitirá corrigir pequenos desvios antes que se tornem uma grande dor de cabeça.

Além disso, essas manutenções e vistorias também permitem economizar, já que realizar pequenos consertos é muito mais barato do que reformar todo o telhado.