Qual a medida de uma porta de quarto?

A porta é um dos principais acabamentos do imóvel, ajudando a separar ambientes e garantir privacidade, principalmente quando se pensa na versão para quartos.

Saber as medidas da porta do quarto é importante porque possibilita construir um imóvel mais prático e funcional, além de facilitar a compra e instalação desse acabamento.

Mas, qual é a medida de uma porta de quarto? A seguir, indica qual é o tamanho padrão de porta para esse ambiente. Confira!

Medida padrão de porta de quarto

Atualmente, construtoras de imóveis têm adotado como padrão para porta do quarto a largura de 70 polegadas. Para comparação, as casas têm portas com largura de 60 graus e as portas de entrada têm 80 portas.

Mas, vale lembrar que essa medida é flexível. Por exemplo, se for construir seu próprio imóvel ou reformar sua casa, é possível aumentar a largura em mais 10 polegadas, se a estrutura permitir, garantindo portas mais amplas.

No que se refere à altura da porta para quarto, o padrão é 2,10 metros na maioria dos casos, inclusive quando se compra porta pronta. Porém, existe a possibilidade de fazer modelos com tamanhos personalizados.

A personalização é uma alternativa interessante principalmente quando o pé-direito do imóvel é alto, garantindo um visualmente mais proporcional e elegante, de modo a contribuir positivamente com a decoração.

Alternativas de materiais de porta de quarto

Já sabe quais são as medidas da porta de quarto, mas não conhece quais alternativas de materiais estão disponíveis no mercado? Essencialmente, há dois principais: a porta de madeira e a de alumínio.

Ambas são adequadas, mas apresentam características que devem ser consideradas no momento da compra, para escolher a que mais se adequa às suas necessidades e orçamento:

Porta da madeira

Proporciona bom isolamento acústico, é versátil e durável. Existem duas versões da porta da madeira: a maciça, que é resistente a danos, e a oca, perfeita para áreas internas.

Conta com um ponto negativo, o fato de ser suscetível a danos, principalmente os provocados por cupins, infiltração de água e umidade, problemas que ocorrerem sua vida útil.

É possível reduzir a possibilidade de enfrentar esses problemas ao investir em uma porta de madeira tratada ou realizar procedimentos como uma envernização, que deve ser feito periodicamente.

Porta de alumínio

Uma porta de alumínio apresenta excelente resistência a danos, por isso é uma versão mais utilizada em ambientes externos e áreas como cozinha e lavanderia. No entanto, pode ser aplicada em quaisquer cômodos.

Essa é uma alternativa que dura mais tempo, não demanda manutenções frequentes e pode ser instalado em locais com maresia, já que não enferruja. Conta com o ponto negativo de ser sutilmente mais cara, mas é uma versão que compensa, já que não é preciso repará-la frequentemente.

Qual porta escolher?

Para garantir mais praticidade no cômodo, escolha portas para quarto com medida padrão. Além disso, opte pelo material que mais se adequa ao seu projeto, já que tanto a madeira como o alumínio são alternativas eficazes.

Não se esqueça de garantir as peças essenciais para instalar a porta de alumínio Curitiba ou de madeira, como esquadrias, perfil de alumínio, fechaduras, dobradiças, entre outros.

Como deixar a sala aconchegante gastando pouco

É comum montar uma decoração de sala e parecer que falta algo para tornar o ambiente aconchegante. Está passando por esse tipo de situação? Neste caso, saiba que existem formas de deixar o ambiente ainda mais agradável. Confira, a seguir, quais são e adote todas!

Aposte nas cortinas

Cortinas são itens essenciais na decoração da sala de estar porque dão charme e refinamento para o ambiente. Mas não é só isso: garantem privacidade, já que impedem que as pessoas do lado de fora vejam o que se passa no cômodo.

Além disso, cortam o excesso de luz natural que entra na sala, bem como ventos, o que acaba por tornar o ambiente mais aconchegante. Outro benefício importante é a melhora da acústica da área.

Quando comprar cortinas, prefira as grandes, que vão do teto até o piso, passam a impressão visual de pé direito alongado, complementando uma decoração com muito mais charme.

Utilizar tapete

O tapete dá a impressão de aconchego, já que evita que os pés toquem o piso frio. Para aumentar ainda mais a sensação de conforto, prefira tapetes macios ao toque, como os com os altos.

Esse tipo de tapete, inclusive, ajuda a aprimorar a acústica do cômodo, o que faz a diferença em casos de uso de home theater na área, garantindo uma melhor experiência.

Espalhe almofadas pela sala

Uma almofada é agradável ao toque e oferece mais conforto ao utilizar o sofá ou poltrona. Ao comprar almofada ou capa para almofada, prefira escolher núcleos neutras, para combinar facilmente com a decoração da sala.

Se preferir tons mais vibrantes, escolha cores que combinem entre si ou sejam semelhantes a outras já utilizadas na decoração de casa , o que expõe uma impressão de unidade visual.

Use plantas em locais estratégicos

Plantas contribuem para tornar o ambiente aconchegante e sem gastar muito. Coloque-as em vasos com design diferenciado, posicionando-os em locais estratégicos da decoração, onde fica em destaque.

Escolha plantas que sobrevivem em ambientes com pouca incidência de luz solar, como o lírio da paz e cacto. Lembre-se de realizar podas e regas regularmente, para cumprir-as sempre verdes e em perfeito estado.

Caso queira o efeito visual colorido e agradável da planta, mas não tenha tempo para cuidar delas, uma solução é comprar planta permanente. Dê preferência para que seja de qualidade, que possua melhor acabamento.

Instale luz amarela

A luz amarela sempre é indicada por especialistas em decoração de casa por tornar os ambientes mais aconchegantes, propícios ao descanso. Com a sala não é diferente! Por isso, considerar trocarte sua lâmpada de luz branca por uma amarela.

Hoje, existem lâmpadas de LED luz amarela, alternativas que são perfeitas para economizar na conta de energia elétrica. Também há versões com filamento carbono, que dá mais originalidade para uma decoração.

Invista em objetos de decoração

Objetos de decoração para sala costumam trazer personalidade e aconchego para o ambiente, evitando espaços predominantemente vazios em móveis ou cantos do cômodo.

Escolha objetos que adaptam com o estilo decorativo utilizado na área. Compre vasos, adornos, bandejas para organização de itens usados ​​na sala, entre outros.

Qual a melhor tela para cerca de terreno?

As telas de proteção são aliadas no cercamento de terrenos, mas existe uma grande variedade no mercado, o que leva muitos a se perguntar qual é a melhor opção para montagem da cerca.

Este é o seu caso? Então, confira aqui qual a melhor tela para cerca de terreno e veja dicas para acertar na compra, garantindo a versão perfeita para seu projeto!

Melhor tela para cercar terreno

Para estabelecer qual é a melhor tela para cercar terreno e acertar na compra é preciso considerar alguns pontos essenciais, como um fundamento do cercamento, se é somente para contenção ou restrição de acesso à área.

De modo geral, quanto maior a altura da tela e espessura do fio, melhor. Essas características indicam que a cerca não pode ser rompida ou ultrapassada com facilidade, tendo uma boa estrutura de proteção.

Além disso, também é preciso se atentar aos vãos da tela. Se a cerca da cerca para evitar invasões no terreno, o ideal é que os vãos sejam menores, o que eliminará a possibilidade de escalada.

Sugestão de tela para cerca de terreno

A tela alambrado é uma das melhores alternativas disponíveis no mercado no que se refere a cercas para terrenos. Isto se deve ao fato de existir uma ampla variedade de alambrado, com alturas diferentes e arames em várias espessuras.

Na prática, isso significa que é mais fácil encontrar um tipo de tela de arame para cercar o espaço, atendendo prontamente suas necessidades e projeto.

O alambrado normalmente é confeccionado com aço galvanizado , que é um material resistente à corrosão e que possui alta durabilidade. Por isso, permanece em ótimo estado por um longo período e tem baixa manutenção.

Esse tipo de tela pode ser encontrado na versão com revestimento de PVC de alta aderência, que reforça ainda mais a durabilidade do produto e, consequentemente, da cerca.

Destaca-se por ter acessível, o que barateia a montagem da cerca, além de facilidade de instalação, podendo realizar-la rapidamente. Outro diferencial é o fato de proporcionar boa visibilidade, permitindo identificar o que acontece do lado externo.

Onde usar uma tela alambrado?

A tela alambrado possui diversas aplicações, tanto que pode ser utilizado para cercar terrenos e áreas rurais, inclusive como de criação de animais, garantindo um bom resultado na proteção.

Pode ser aplicada em áreas verdes, como jardim e hortas, restringindo o acesso a elas. Também é uma alternativa para áreas de grande porte, como as instalações comerciais e industriais.

Instalação da tela alambrado

Já sabe que a melhor alternativa de tela para cercar terreno é um alambrado, mas não conhece como é feita a instalação desse material? De maneira resumida, utiliza-se mourões, grampos e arames de correção.

Para garantir um bom resultado de proteção, recomenda-se que a tela esteja bem esticada e tensionada na estrutura de suporte, o que pode ser feito com materiais específicos durante a instalação.

Como se trata de um trabalho que demanda o uso de ferramentas pontuais, indica-se que uma tela alambrado seja instalada por um profissional capacitado, para ter o melhor resultado possível.

Qual a diferença entre florais de Bach e florais de Saint Germain?

A terapia com flores é uma opção para tratar e equilibrar emoções, possibilitando o melhor controle sobre o que se sente e conseguir ter uma postura mais ativa e decisiva.

Quem adota os florais como alternativa de tratamento consegue encontrar dois tipos no mercado, os florais de Bach e os de Saint Germain. É aí que surge uma dúvida: qual a diferença entre eles? Aqui, explicamos qual é. Acompanhe e conheça!

Diferença entre florais de Bach e de Saint Germain

Os florais de Bach e de Saint Germain se diferenciam em alguns pontos e cada terapeuta escolhe qual deseja adotar de acordo com sua linha de atuação e perfil do paciente. Veja, a seguir, quais são esses pontos divergentes:

Número de florais

Edward Bach, médico responsável por criar uma terapia com flores, identificou 38 florais dedicados para tratar e equilibrar emoções, essências que podem ser combinadas entre si dependentes do caso do paciente.

Já a linha de florais de Saint Germain é maior, contando com 89 essências básicas que também podem ser usadas individualmente ou em misturas. Se caracterizada pela mescla, é possível utilizar até 12 essências ao mesmo tempo.

Origem das flores

Por ser inglês, Bach estudou somente flores da região em que vivia, ou seja, em Londres. Já os florais de Saint Germain são criados por uma brasileira (Neide Margonari), que buscou diretamente na flora nacional.

Sistema

O sistema da terapia baseada em florais de Bach leva em consideração o temperamento do paciente para indicar as essências perfeitas para o seu caso, pensando em equilibrar e controlar todas as emoções.

No sistema dos florais de Saint Germain se considera o histórico de vida do paciente e a causa emocional que levou à vivência de processos negativos. Dessa maneira, é possível realizar um tratamento mais profundo.

Além disso, os florais de Saint Germain são dedicados ao autoconhecimento e consciência de si, de modo a harmonizar a mente e viabilizar uma conexão com o eu superior, envolvendo energias físicas, mentais, espirituais e emocionais.

Posologia

Recomenda-se usar 6 gotas do floral de Bach três vezes ao dia, preferencialmente após as refeições principais. Já os florais de Saint Germain devem ser tomados 4 vezes ao dia, somente 4 gotas.

Vale ressaltar que essa é a indicação geral, no entanto pode ser que seu terapeuta faça outra específica, considerando o seu caso e necessidade de tratamento, portanto, há variações de posologia.

Emoções para tratar com florais

Os florais podem ser utilizados para tratar diferentes emoções, seja uma despertada no decorrer do dia ou por uma experiência traumática com longa prolongada. Veja o que as essências podem controlar, equilibrar e eliminar, seja as de Bach ou Saint Germain:

  • Ansiedade;
  • Insônia;
  • Inveja;
  • Dificuldade de foco e concentração;
  • Depressão;
  • Medo;
  • Dificuldade de dizer não;
  • Falta de sensação de liberdade;
  • Lidar com perdas e afastamentos;
  • Carência afetiva;
  • Narcisismo;
  • Síndrome do pânico;
  • Baixa autoestima;
  • Mágoa profunda.

Para ter um bom resultado nenhum controle e equilíbrio dessas e outras emoções, recomenda-se usar os florais de Saint Germain e Bach regularmente, de preferência de acordo com a recomendação de seu terapeuta.

Como aumentar o desempenho físico com pré-treino?

Aumentar o desempenho físico em treinos na academia é o desejo de muitos, principalmente de quem busca emagrecer ou ganhar massa muscular, podendo atingir resultados mais expressivos em menor prazo.

Existe uma maneira extremamente eficaz de aumentar o desempenho, é só investir em um pré-treino diferenciado. A seguir, indicamos o que pode ser feito para potencializar sua performance. Confira e coloque as dicas em prática!

Dicas de pré-treino para aumentar o desempenho

Seu desempenho em treinos pode ser maximizado ao adotar dicas simples e fáceis no dia a dia, como as que são listadas a seguir:

Alimente-se corretamente

A alimentação pré-treino é importante para ter um melhor desempenho físico em treinos e possibilitar a realização de exercícios mais intensos ou por um período maior. Mas, o que comer no pré-treino?

De modo geral, recomenda-se o consumo de alimentos com taxas elevadas de energia, como os com carboidrato complexo, que possuem índice glicêmico baixo. O organismo absorverá esse carboidrato de forma lenta, liberando energia de maneira contínua.

Justamente por isso esse tipo de alimento é mais indicado no pré-treino, garantindo energia por um longo período e máximo desempenho. É possível ter esse benefício ao consumir grãos e pães integrais e iogurte light, por exemplo.

Um detalhe importante sobre a alimentação pré-treino: nunca faça sua série de exercícios físicos em jejum, porque seu corpo não terá energia suficiente, o que aumenta o risco de gerar problemas como náusea, dor de cabeça e sensação de desmaio.

Hidrate-se

O consumo de água é importante para manter a temperatura corporal e reduzir o risco de desidratação durante a realização do treino. Dê preferência para a ingestão de isotônicos, que melhoram a resistência muscular, além de hidratar.

É fundamental ressaltar que o consumo de água ou isotônico deve ocorrer antes e durante a prática de exercícios, assegurando os benefícios da hidratação em diferentes etapas.

Use suplementos pré-treino

Os suplementos pré-treino são responsáveis por proporcionar uma explosão de energia e dar suporte no processo de ganho de massa muscular. Quando investir nessa dica, procure utilizar suplementos que tenham:

  • Cafeína: estimula a produção de energia e resistência aeróbica em treinos de longa duração. Possui efeito termogênico, ou seja, queima uma maior quantidade de calorias. Além disso, reduz o uso do glicogênio muscular e ajuda na definição dos músculos;
  • Taurina: indicada para ganho de massa magra e para evitar o catabolismo, impedindo que o corpo utilize as proteínas para geração de energia;
  • Arginina: auxilia na formação de músculos, melhora a circulação sanguínea e regeneração celular. Paralelamente, possibilita o aumento da absorção de nutrientes e o transporte de aminoácidos.

A suplementação pré-treino Máximo Desempenho e Energia é uma excelente alternativa com esses ativos. O suplemento também traz em sua composição o BioPerine, que é um potencializador de biodisponibilidade, aumentando a ação de nutrientes.

Outro componente é o inositol, suplemento de vitamina do complexo B. É destinado a manter as células saudáveis e estimular a queima de gordura, auxiliando na perda de peso. Invista na suplementação e tenha um melhor pré-treino.

Conheça a famosa Marginal Tietê

Oficialmente denominada SP-15 ou Rod. Professor Simão Faiguenboim, a famosa Marginal Tietê é um conjunto de avenidas e uma rodovia longitudinal que se transformam em apenas uma e que margeiam o rio Tietê, na capital paulista. Esse extenso complexo de avenidas e rodovias liga São Paulo ao Sul e ao Norte do país.

Considerada a principal via expressa de São Paulo por interligar as regiões Oeste, Leste, Norte e Central da cidade, a Marginal Tietê também se conecta diretamente às rodovias Castelo Branco, Anhanguera, Bandeirantes, Presidente Dutra, Fernão Dias e Ayrton Senna, além do Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos e a Rodoviária.

Na Marginal estão situados alguns locais de referência nacional, como o Terminal Rodoviário do Tietê (segunda maior estação rodoviária do mundo, atrás do terminal rodoviário de Nova York) e o Complexo do Anhembi, que é formado pelo pavilhão de eventos e exposições, Sambódromo do Anhembi, Arena Skol Anhembi, Palácio das Convenções, Auditório Elis Regina e o Hotel Holiday Inn.

Marginal Tietê: uma solução logística para sua empresa

Sem dúvidas, a Marginal Tietê é fundamental para São Paulo. Não importa para onde você vá, se você vai atravessar a cidade, precisará passar por ela ou próximo a ela.

Desse modo, ter um centro de distribuição na Marginal Tietê torna-se uma excelente solução logística para qualquer empresa na capital paulista. Estando na via, a empresa terá maior facilidade para entrar e sair da cidade e se locomover entre as regiões de São Paulo. Já pensou em alugar um container na Marginal Tietê?

Contrate um Self Storage na Marginal Tietê em São Paulo

No Self Storage há duas modalidades: o Guarda Estoque e o Guarda Arquivos, opções que são perfeitas para negócios de quaisquer portes, mas principalmente para empresas com espaços compactos.

No Guarda Estoque, o cliente conta com uma área a mais para armazenar adequadamente suas mercadorias, liberando espaço na loja e comércio, sendo muito indicada para e-commerces que necessitam de um centro de distribuição.

Já o Guarda Arquivos é específico para o armazenamento de documentos, especialmente para empresas que não possuem espaço para organizá-los e mantê-los, o que pode danificar tais papéis ou ainda aumentar o risco de perdê-los.

A Guarde Mais é a maior franquia de self storages do Brasil. Contamos com diversas unidades em mais de 10 estados brasileiros.

Como limpar vidros manchados?

Vidros manchados prejudicam a decoração de quaisquer ambientes e nem todo mundo sabe como se livrar desses problemas. Este é o seu caso? Então, confira dicas fáceis de como limpar vidros e elimine manchas de uma vez por todas.

Dicas para limpar vidro manchado

A limpeza de vidros manchados é mais simples do que parece. Seu trabalho será muito mais descomplicado se utilizar um produto específico para limpar vidro, que é desenvolvido para eliminar manchas sem danificar a superfície.

Dê preferência para produtos de limpeza biodegradáveis, que provocam menor impacto no meio ambiente e têm fórmulas superconcentradas, apresentando melhor rendimento e ajudando a economizar em longo prazo.

Depois de garantir um produto de limpeza de vidros, siga este passo a passo para remover completamente as manchas. Separe, previamente, panos limpos e secos para lhe auxiliar:

1. Aplique o produto de limpeza em toda a superfície, sempre de maneira uniforme para garantir a higienização correta;
2. Remova o produto usando um pano seco limpo. Se tiver, é possível trocar o pano por um rodo para vidros;
3. Finalize secando a superfície com outro pano seco e limpo, o que dará mais brilho para o vidro.

Um ponto importante: use panos ou rodo para vidros limpos, senão pode ocorrer transferência de resíduos desses itens para a superfície que acabou de ser higienizada e ter manchas removidas.

Periodicidade de limpeza

Agora que já sabe como limpar vidros manchados, é importante saber que tais marcas podem ser evitadas se a limpeza for realizada periodicamente, garantindo uma superfície sempre bonita.

Mas, quando realizar a higienização? Vidros que são mais expostos à sujeira, como os de janelas ou instalações na cozinha, devem ser limpos semanalmente para evitar o acúmulo de poeira, gordura e formação de manchas difíceis de serem removidas. Já vidros em locais menos expostos podem ser limpos a cada 15 dias.

3 vantagens da porta de vidro na sua casa

As portas de vidro ficaram famosas após seu uso no box do banheiro e começaram a ser utilizadas em outros cômodos, como em salas e lavanderias. Curiosamente, trata-se de uma opção que traz vantagens especiais para toda a casa.

A seguir, listamos as três principais vantagens da porta de vidro, além de dicas sobre onde utilizá-la e transformar completamente a decoração de seu lar. Confira!

3 principais vantagens

A porta de vidro, em todas as suas variações, como de abrir e correr, consegue proporcionar para o ambiente as seguintes vantagens:

1. Melhor aproveitamento da luz

Por ser transparente, a porta de vidro permite o melhor aproveitamento da luz, tanto natural como artificial, tornando os ambientes internos mais iluminados. Com isso, há uma maior sensação de amplitude e continuidade visual, o que faz a diferença na decoração de casas e apartamentos pequenos.

2. Isolamento acústico

Há vidros que são capazes de filtrar o som, proporcionando um bom isolamento acústico e garantindo maior privacidade aos moradores. Ótimos exemplos disso são os vidros laminados e duplos.

3. Otimização do espaço

Um modelo específico é responsável por proporcionar a otimização do espaço, a porta de vidro de correr, porque para abri-la basta deslizá-la. Isso faz com que a área ocupada seja menor e, por isso, essa versão é perfeita para casas pequenas.

Onde utilizar a porta de vidro

São vários os ambientes que pode receber essa versão. É possível, por exemplo, utilizar porta de vidro para sala, quarto, home office, cozinha e lavanderia, inclusive em áreas externas.

Além da casa, a porta de vidro também pode ser utilizada em ambientes corporativos, como em escritórios e salas de reunião, garantindo o devido isolamento acústico.

Quando investir na porta de correr para sala ou qualquer outro ambiente ou modelo, é importante se certificar de que toda a estrutura seja robusta, para minimizar o risco de acidentes ou possibilidade de manutenção contínua.

Problemas comuns no telhado

Problemas no telhado são comuns, especialmente quando não se faz uma manutenção periódica da estrutura. E quais seriam os mais recorrentes? Aqui, apresentamos os casos mais incidentes, suas possíveis causas e como proceder para acertar em reformas no telhado.

Telhas quebradas

Este é o caso mais comum de problemas no telhado. O vento forte pode provocá-lo, o impacto da chuva ou o peso de uma pessoa ou animal. A única opção de conserto é a troca de telhas, garantindo que a estrutura permaneça completa e intacta.

Infiltrações

O acúmulo de água na estrutura do telhado é extremamente perigoso, podendo provocar desde goteiras até o desabamento. Os telhados com goteiras são comuns em casos de telhas quebradas e deslocadas, calhas entupidas ou instalação hidráulica danificada.

Para corrigir a infiltração, recomenda-se contratar um profissional para identificar a causa exata do problema, corrigi-la e analisar se a estrutura do telhado precisa de reformas para manter sua integridade e minimizar o risco de queda.

Telhas desgastadas

Embora a telha seja um material resistente, ela é suscetível a danos, tanto que fica porosa, ressecada e com fissuras com o passar dos anos. O perigo é que muitos nem ao menos notam esses problemas quando eles estão no início, somente quando já atingiram um quadro mais avançado.

Em situações assim, faz-se necessária a troca das telhas quebradas e desgastadas, para eliminar a possibilidade de infiltração ou de entrada de animais na estrutura interna do telhado.

Como evitar problemas no telhado

Quer evitar esses problemas no seu telhado? O segredo está em fazer manutenções e vistorias periódicas na estrutura, o que permitirá corrigir pequenos desvios antes que se tornem uma grande dor de cabeça.

Além disso, essas manutenções e vistorias também permitem economizar, já que realizar pequenos consertos é muito mais barato do que reformar todo o telhado.

Qual sofá ideal para sua casa: sofá retrátil, reclinável ou de canto

Comprar sofá para sala não é tarefa fácil, afinal, há vários modelos disponíveis no mercado, como o retrátil, reclinável e de canto, o que sempre gera a dúvida de qual seria a melhor opção para sua casa.

Para lhe ajudar nessa escolha, indicamos quando cada modelo é recomendado. Confira e saiba como identificar o sofá perfeito para a sua sala de estar!

Sofá retrátil

O sofá retrátil é expansível, ou seja, seu assento pode ser ampliado. Por isso, é a alternativa ideal para quem não abre mão do máximo conforto e gosta de deitar-se no sofá, seja para descansar ou assistir a programas de televisão.

Se sua sala for pequena, o sofá retrátil é o melhor investimento, porque é mais versátil, podendo ser ampliado para ter mais conforto ou recolhido quando não estiver em uso, de modo a liberar área útil para circulação.

Sofá reclinável

Trata-se de um modelo que tem assento retrátil e encosto reclinável, permitindo ficar com as pernas esticadas e costas inclinadas. O foco desse modelo é o conforto, portanto, é uma excelente alternativa para quem deseja um sofá agradável ao máximo.

No entanto, é importante prestar atenção a um detalhe: o sofá reclinável é maior, principalmente quando está expandido. Portanto, ocupa mais espaço. Se investir nessa opção, meça sua sala e compare essa informação com o tamanho do móvel, para saber se o sofá cabe no local.

Sofá de canto

O sofá de canto é um dos melhores investimentos para salas pequenas, uma vez que permite aproveitar o espaço disponível sem desprezar ou inutilizar o canto, como acontece na maioria das decorações.

Existe uma grande variedade de sofás de canto, desde os tradicionais até os modelos retráteis, o que permite encontrar com facilidade uma opção ideal para seu projeto decorativo, tudo isso sem deixar o conforto de lado.