imagem de uma janela de quarto usando cortina com varão

Cortina para quarto de casal: como não errar na escolha?

Uma das decisões mais difíceis é saber escolher a cortina ideal que vai combinar com as cores e estilo do seu quarto. O objeto serve para dar um toque de elegância e conforto no cômodo no qual passamos a maior parte do tempo. É o item que realmente não pode faltar para completar a decoração.

A escolha passa a ser ainda mais desafiadora, quando se trata de cortinas para o quarto de casal. Nesse caso a opinião dos dois é importante, pois estão buscando algo que seja a cara de ambos. Por meio da cortina, é possível fazer o controle da entrada de luz solar por exemplo, e ter preferência pelo item que trará benefícios tanto para o dia quanto para a noite.

Mas fique calmo! É muito comum surgir dúvidas no meio do caminho e não saber qual é aquela cortina certa, são várias as opções que o mercado oferece. Uma dica é optar por comprar cortinas modernas para o quarto do casal. Outros tipos são as cortinas blecaute, cortinas para varão, persianas, rolô, romana, painel e cortina com bandô.

Então confere aí as nossas dicas, para não errar na hora da compra e escolher aquela cortina perfeita.

 

Qual é a melhor cortina para meu quarto?

Cada um dos cômodos da casa exige alguns cuidados que são diferentes um do outro, por isso é tão importante ficar atento às escolhas da decoração, principalmente diante de tantas alternativas. São diversas as opções, entre cores, texturas, valores e as suas funcionalidades. A partir do momento que podemos conhecer melhor as opções disponíveis, fica mais fácil a se decidir.

 

Persiana

Uma das opções de cortina para o quarto do casal é as persianas. Essa oferece vários modelos diferentes que são fixas. A persiana painel é vertical, e são recomendadas para locais espaçosos e que tenham grandes janelas. Tem também a persiana celular, aquelas que têm pequenos espaços de ar entre suas placas. Já a persiana horizontal é a mais conhecida, ela é aberta e fechada por uma cordinha.

 

Rolô

Esse tipo de cortina se parece bastante com as de painéis, mas para se usar em janelas menores. O material impede que entre muita luz solar no local, mas também tem a opção de isolar totalmente a exposição às radiações do sol.

 

Romana

Muito parecida com o estilo da cortina rolô, porém a romana oferece a opção de rolagem para cima. Ela pode ficar dobrada quando suspensa. O material geralmente é feito com cores neutras, o que pode combinar com qualquer tipo de ambiente.

 

Varão

Um dos estilos mais usados pelas pessoas é a cortina varão.  Ela tem um apoio na parte de cima, como um bastão, na qual a cortina pode se deslizar para os dois lados. Ela é feita com materiais diferentes e tamanhos grandes, médios e pequenos, o que pode atender as mais diversas necessidades.

 

Blackout

Também bastante utilizado, o blecaute deixa o ambiente mais escuro, impedindo que a iluminação de fora entre no ambiente. Ela é feita de vinil e geralmente opaco e laminada, o que garante o cômodo mais fresco.

 

Painel

Muito parecido com o modelo rolô, a cortina painel é bem prática, com cores neutras, ótimas para janelas grandes e totalmente feitas de vidro. É feita de tecidos lisos, que protege das radiações solares e deixando o ambiente mais confortável.

 

Bandô

A cortina bandô tem um suporte em cima que esconde o varão ou bastão das cortinas. Combina com vários estilos de decorações e pode ser feito a partir de acabamentos e materiais diferenciados.

 

O que considerar na hora de escolher a cortina ideal?

Pronto! Você já conhece os principais tipos de cortinas que mais são usadas e compradas no mercado na hora de montar um quarto. Mas agora tem outros pontos que também é necessário levar em consideração.

Além das cores e da decoração já citadas lá no início, a iluminação também é importante, não é legal deixar o quarto muito escuro durante o dia, e assim evitar os mofos e garantir a ventilação natural do ambiente.

Fique atento também ao material da sua cortina, uma dica legal é investir no voil, que é algo mais leve e versátil e em uma segunda camada mais pesada, uma cortina que seja feita de dois tecidos. Dessa forma, o quarto do casal ficará mais ou menos iluminando, tendo uma privacidade maior.

E por fim, é importante avaliar também o tamanho disponível para comprar a cortina certa, é legal medir todo o espaço antes de comprar a cortina, pensando também na largura da área.  Outra dica é tampar todo o espaço da janela, não ser algo muito curto, mas também não deve ser grande demais a ponto de arrastar no chão.

Seguindo essas dicas, tenho certeza que será mais fácil achar o que deseja e deixará todo o conjunto do  cômodo mais harmonioso.