Qual a medida de uma porta de quarto?

A porta é um dos principais acabamentos do imóvel, ajudando a separar ambientes e garantir privacidade, principalmente quando se pensa na versão para quartos.

Saber as medidas da porta do quarto é importante porque possibilita construir um imóvel mais prático e funcional, além de facilitar a compra e instalação desse acabamento.

Mas, qual é a medida de uma porta de quarto? A seguir, indica qual é o tamanho padrão de porta para esse ambiente. Confira!

Medida padrão de porta de quarto

Atualmente, construtoras de imóveis têm adotado como padrão para porta do quarto a largura de 70 polegadas. Para comparação, as casas têm portas com largura de 60 graus e as portas de entrada têm 80 portas.

Mas, vale lembrar que essa medida é flexível. Por exemplo, se for construir seu próprio imóvel ou reformar sua casa, é possível aumentar a largura em mais 10 polegadas, se a estrutura permitir, garantindo portas mais amplas.

No que se refere à altura da porta para quarto, o padrão é 2,10 metros na maioria dos casos, inclusive quando se compra porta pronta. Porém, existe a possibilidade de fazer modelos com tamanhos personalizados.

A personalização é uma alternativa interessante principalmente quando o pé-direito do imóvel é alto, garantindo um visualmente mais proporcional e elegante, de modo a contribuir positivamente com a decoração.

Alternativas de materiais de porta de quarto

Já sabe quais são as medidas da porta de quarto, mas não conhece quais alternativas de materiais estão disponíveis no mercado? Essencialmente, há dois principais: a porta de madeira e a de alumínio.

Ambas são adequadas, mas apresentam características que devem ser consideradas no momento da compra, para escolher a que mais se adequa às suas necessidades e orçamento:

Porta da madeira

Proporciona bom isolamento acústico, é versátil e durável. Existem duas versões da porta da madeira: a maciça, que é resistente a danos, e a oca, perfeita para áreas internas.

Conta com um ponto negativo, o fato de ser suscetível a danos, principalmente os provocados por cupins, infiltração de água e umidade, problemas que ocorrerem sua vida útil.

É possível reduzir a possibilidade de enfrentar esses problemas ao investir em uma porta de madeira tratada ou realizar procedimentos como uma envernização, que deve ser feito periodicamente.

Porta de alumínio

Uma porta de alumínio apresenta excelente resistência a danos, por isso é uma versão mais utilizada em ambientes externos e áreas como cozinha e lavanderia. No entanto, pode ser aplicada em quaisquer cômodos.

Essa é uma alternativa que dura mais tempo, não demanda manutenções frequentes e pode ser instalado em locais com maresia, já que não enferruja. Conta com o ponto negativo de ser sutilmente mais cara, mas é uma versão que compensa, já que não é preciso repará-la frequentemente.

Qual porta escolher?

Para garantir mais praticidade no cômodo, escolha portas para quarto com medida padrão. Além disso, opte pelo material que mais se adequa ao seu projeto, já que tanto a madeira como o alumínio são alternativas eficazes.

Não se esqueça de garantir as peças essenciais para instalar a porta de alumínio Curitiba ou de madeira, como esquadrias, perfil de alumínio, fechaduras, dobradiças, entre outros.

Como deixar a sala aconchegante gastando pouco

É comum montar uma decoração de sala e parecer que falta algo para tornar o ambiente aconchegante. Está passando por esse tipo de situação? Neste caso, saiba que existem formas de deixar o ambiente ainda mais agradável. Confira, a seguir, quais são e adote todas!

Aposte nas cortinas

Cortinas são itens essenciais na decoração da sala de estar porque dão charme e refinamento para o ambiente. Mas não é só isso: garantem privacidade, já que impedem que as pessoas do lado de fora vejam o que se passa no cômodo.

Além disso, cortam o excesso de luz natural que entra na sala, bem como ventos, o que acaba por tornar o ambiente mais aconchegante. Outro benefício importante é a melhora da acústica da área.

Quando comprar cortinas, prefira as grandes, que vão do teto até o piso, passam a impressão visual de pé direito alongado, complementando uma decoração com muito mais charme.

Utilizar tapete

O tapete dá a impressão de aconchego, já que evita que os pés toquem o piso frio. Para aumentar ainda mais a sensação de conforto, prefira tapetes macios ao toque, como os com os altos.

Esse tipo de tapete, inclusive, ajuda a aprimorar a acústica do cômodo, o que faz a diferença em casos de uso de home theater na área, garantindo uma melhor experiência.

Espalhe almofadas pela sala

Uma almofada é agradável ao toque e oferece mais conforto ao utilizar o sofá ou poltrona. Ao comprar almofada ou capa para almofada, prefira escolher núcleos neutras, para combinar facilmente com a decoração da sala.

Se preferir tons mais vibrantes, escolha cores que combinem entre si ou sejam semelhantes a outras já utilizadas na decoração de casa , o que expõe uma impressão de unidade visual.

Use plantas em locais estratégicos

Plantas contribuem para tornar o ambiente aconchegante e sem gastar muito. Coloque-as em vasos com design diferenciado, posicionando-os em locais estratégicos da decoração, onde fica em destaque.

Escolha plantas que sobrevivem em ambientes com pouca incidência de luz solar, como o lírio da paz e cacto. Lembre-se de realizar podas e regas regularmente, para cumprir-as sempre verdes e em perfeito estado.

Caso queira o efeito visual colorido e agradável da planta, mas não tenha tempo para cuidar delas, uma solução é comprar planta permanente. Dê preferência para que seja de qualidade, que possua melhor acabamento.

Instale luz amarela

A luz amarela sempre é indicada por especialistas em decoração de casa por tornar os ambientes mais aconchegantes, propícios ao descanso. Com a sala não é diferente! Por isso, considerar trocarte sua lâmpada de luz branca por uma amarela.

Hoje, existem lâmpadas de LED luz amarela, alternativas que são perfeitas para economizar na conta de energia elétrica. Também há versões com filamento carbono, que dá mais originalidade para uma decoração.

Invista em objetos de decoração

Objetos de decoração para sala costumam trazer personalidade e aconchego para o ambiente, evitando espaços predominantemente vazios em móveis ou cantos do cômodo.

Escolha objetos que adaptam com o estilo decorativo utilizado na área. Compre vasos, adornos, bandejas para organização de itens usados ​​na sala, entre outros.

Qual a melhor tela para cerca de terreno?

As telas de proteção são aliadas no cercamento de terrenos, mas existe uma grande variedade no mercado, o que leva muitos a se perguntar qual é a melhor opção para montagem da cerca.

Este é o seu caso? Então, confira aqui qual a melhor tela para cerca de terreno e veja dicas para acertar na compra, garantindo a versão perfeita para seu projeto!

Melhor tela para cercar terreno

Para estabelecer qual é a melhor tela para cercar terreno e acertar na compra é preciso considerar alguns pontos essenciais, como um fundamento do cercamento, se é somente para contenção ou restrição de acesso à área.

De modo geral, quanto maior a altura da tela e espessura do fio, melhor. Essas características indicam que a cerca não pode ser rompida ou ultrapassada com facilidade, tendo uma boa estrutura de proteção.

Além disso, também é preciso se atentar aos vãos da tela. Se a cerca da cerca para evitar invasões no terreno, o ideal é que os vãos sejam menores, o que eliminará a possibilidade de escalada.

Sugestão de tela para cerca de terreno

A tela alambrado é uma das melhores alternativas disponíveis no mercado no que se refere a cercas para terrenos. Isto se deve ao fato de existir uma ampla variedade de alambrado, com alturas diferentes e arames em várias espessuras.

Na prática, isso significa que é mais fácil encontrar um tipo de tela de arame para cercar o espaço, atendendo prontamente suas necessidades e projeto.

O alambrado normalmente é confeccionado com aço galvanizado , que é um material resistente à corrosão e que possui alta durabilidade. Por isso, permanece em ótimo estado por um longo período e tem baixa manutenção.

Esse tipo de tela pode ser encontrado na versão com revestimento de PVC de alta aderência, que reforça ainda mais a durabilidade do produto e, consequentemente, da cerca.

Destaca-se por ter acessível, o que barateia a montagem da cerca, além de facilidade de instalação, podendo realizar-la rapidamente. Outro diferencial é o fato de proporcionar boa visibilidade, permitindo identificar o que acontece do lado externo.

Onde usar uma tela alambrado?

A tela alambrado possui diversas aplicações, tanto que pode ser utilizado para cercar terrenos e áreas rurais, inclusive como de criação de animais, garantindo um bom resultado na proteção.

Pode ser aplicada em áreas verdes, como jardim e hortas, restringindo o acesso a elas. Também é uma alternativa para áreas de grande porte, como as instalações comerciais e industriais.

Instalação da tela alambrado

Já sabe que a melhor alternativa de tela para cercar terreno é um alambrado, mas não conhece como é feita a instalação desse material? De maneira resumida, utiliza-se mourões, grampos e arames de correção.

Para garantir um bom resultado de proteção, recomenda-se que a tela esteja bem esticada e tensionada na estrutura de suporte, o que pode ser feito com materiais específicos durante a instalação.

Como se trata de um trabalho que demanda o uso de ferramentas pontuais, indica-se que uma tela alambrado seja instalada por um profissional capacitado, para ter o melhor resultado possível.

Qual a diferença entre florais de Bach e florais de Saint Germain?

A terapia com flores é uma opção para tratar e equilibrar emoções, possibilitando o melhor controle sobre o que se sente e conseguir ter uma postura mais ativa e decisiva.

Quem adota os florais como alternativa de tratamento consegue encontrar dois tipos no mercado, os florais de Bach e os de Saint Germain. É aí que surge uma dúvida: qual a diferença entre eles? Aqui, explicamos qual é. Acompanhe e conheça!

Diferença entre florais de Bach e de Saint Germain

Os florais de Bach e de Saint Germain se diferenciam em alguns pontos e cada terapeuta escolhe qual deseja adotar de acordo com sua linha de atuação e perfil do paciente. Veja, a seguir, quais são esses pontos divergentes:

Número de florais

Edward Bach, médico responsável por criar uma terapia com flores, identificou 38 florais dedicados para tratar e equilibrar emoções, essências que podem ser combinadas entre si dependentes do caso do paciente.

Já a linha de florais de Saint Germain é maior, contando com 89 essências básicas que também podem ser usadas individualmente ou em misturas. Se caracterizada pela mescla, é possível utilizar até 12 essências ao mesmo tempo.

Origem das flores

Por ser inglês, Bach estudou somente flores da região em que vivia, ou seja, em Londres. Já os florais de Saint Germain são criados por uma brasileira (Neide Margonari), que buscou diretamente na flora nacional.

Sistema

O sistema da terapia baseada em florais de Bach leva em consideração o temperamento do paciente para indicar as essências perfeitas para o seu caso, pensando em equilibrar e controlar todas as emoções.

No sistema dos florais de Saint Germain se considera o histórico de vida do paciente e a causa emocional que levou à vivência de processos negativos. Dessa maneira, é possível realizar um tratamento mais profundo.

Além disso, os florais de Saint Germain são dedicados ao autoconhecimento e consciência de si, de modo a harmonizar a mente e viabilizar uma conexão com o eu superior, envolvendo energias físicas, mentais, espirituais e emocionais.

Posologia

Recomenda-se usar 6 gotas do floral de Bach três vezes ao dia, preferencialmente após as refeições principais. Já os florais de Saint Germain devem ser tomados 4 vezes ao dia, somente 4 gotas.

Vale ressaltar que essa é a indicação geral, no entanto pode ser que seu terapeuta faça outra específica, considerando o seu caso e necessidade de tratamento, portanto, há variações de posologia.

Emoções para tratar com florais

Os florais podem ser utilizados para tratar diferentes emoções, seja uma despertada no decorrer do dia ou por uma experiência traumática com longa prolongada. Veja o que as essências podem controlar, equilibrar e eliminar, seja as de Bach ou Saint Germain:

  • Ansiedade;
  • Insônia;
  • Inveja;
  • Dificuldade de foco e concentração;
  • Depressão;
  • Medo;
  • Dificuldade de dizer não;
  • Falta de sensação de liberdade;
  • Lidar com perdas e afastamentos;
  • Carência afetiva;
  • Narcisismo;
  • Síndrome do pânico;
  • Baixa autoestima;
  • Mágoa profunda.

Para ter um bom resultado nenhum controle e equilíbrio dessas e outras emoções, recomenda-se usar os florais de Saint Germain e Bach regularmente, de preferência de acordo com a recomendação de seu terapeuta.

google ads

Por que não encontro meu produto no Google Ads?

O investimento em mídia online, especialmente em Google Ads, é um grande aliado para qualquer empresa, ajudando a ter maior visibilidade, captar clientes e aumentar as vendas, faturamento e lucro.

Quando implementa uma estratégia de marketing digital voltada ao uso do Google Ads, muitos gestores se veem diante de uma situação comum: não encontrar seu produto ao realizar buscas na ferramenta de pesquisa.

Mas, por que será que seu produto não aparece no Google Ads? Neste post, abordamos possíveis motivos para esse problema. Confira e saiba como proceder para reverter essa situação!

 

Motivos para a não exibição de produtos no Google Ads

De modo geral, existem dois principais motivos que levam à não exibição de produtos no Google Ads, a baixa qualificação dos anúncios e a limitação de verba diária das campanhas realizadas. Entenda, a seguir, como funcionam cada um desses pontos:

 

Baixa qualificação de anúncios

O Google Ads dá nota e classifica os anúncios de acordo com um índice de qualidade próprio, que envolve o cumprimento de diversos fatores, como palavra-chave adequada, conteúdo do anúncio, URL de destino, perfil do usuário, entre outros detalhes.

Se seu anúncio satisfizer todas essas variáveis, ou pelo menos a maior parte delas, sua nota de índice de qualidade será elevada, o que é algo extremamente positivo, já que quanto maior a nota for, mais relevante o anúncio é para o público-alvo e mais altas são as chances de ser exibido.

Da mesma forma que quanto mais baixa for a nota no índice de qualidade, menores são as chances de o anúncio ser veiculado ao público-alvo, o que acaba por não trazer os resultados esperados, frustrando expectativas em relação à adoção da ferramenta.

É justamente por isso que é tão importante saber configurar corretamente uma campanha de Google Ads, utilizando diferentes recursos da ferramenta para aproveitá-la da melhor maneira possível, atendendo as expectativas da empresa, principalmente no que se refere ao alcance de objetivos.

 

Limitação de verba diária

Problema comum principalmente entre anunciantes que não têm verba suficiente para atender uma demanda relacionada a determinada palavra-chave, como uma com procura elevada e maior custo, por exemplo.

Em situações assim, o Google Ads limita a veiculação do anúncio, já que entende que se for exibido muitas vezes e de maneira seguida, a verba diária da campanha será insuficiente, acabando em poucos minutos.

Daí a importância de se trabalhar com uma boa verba em campanhas de Google Ads: assim, tem-se uma maior exibição do anúncio. Há, ainda, outras dicas que podem ser colocadas em prática para aproveitar melhor o orçamento disponível.

Entre as principais, destaque para a otimização por meio da segmentação, com exibição de anúncios por horário, dia, local, perfil de usuário, entre outras opções disponibilizadas na plataforma de anúncios.

A segmentação é importante porque nem sempre é interessante para a empresa, sobretudo financeiramente, manter uma campanha de anúncios ativa nos sete dias da semana, durante 24 horas.

Ao segmentar é possível aumentar a chance de exibição do anúncio no dia e horário que seu público-alvo mais navega pela internet ou faz compras, o que maximizará vendas e retorno de investimento.

No entanto, é importante mencionar que não existe uma receita pronta sobre como configurar campanhas de anúncios no Google Ads ou segmentá-las. O ideal é fazer testes e ajustes em tempo real, identificando o que funciona melhor e corrigindo ações não tão eficazes para conquistar os objetivos estabelecidos.

 

Como aumentar a chance de exibição do produto?

Existem dicas que podem ser colocadas em prática para aumentar a possibilidade de exibição do produto em campanhas no Google Ads. A seguir, apresentamos algumas delas:

 

  • Revise a configuração de suas campanhas e faça ajustes para aumentar a nota no índice de qualidade. Analise métricas e informações geradas pela própria plataforma para fazer correções mais assertivas;
  • Segmente campanhas, sempre. Dessa maneira, é possível otimizá-las, aumentando a chance de exibição de anúncios e de atingir o público certo, na hora adequada. Na prática, potencialize-se resultados, podendo atingi-los e superá-los com maior facilidade;
  • Tenha um orçamento mínimo para campanhas de Google Ads, lembrando que quanto mais baixo ele for, menor a possibilidade de exibição de seus produtos. Mas, como saber qual o valor ideal a ser designado para campanhas de anúncios?
  • Uma boa solução é sondar concorrentes para ter uma noção de quanto eles investem nesse tipo de ação e estabelecer um valor que seja adequado à empresa e os objetivos que deseja alcançar;
  • Confie ações de anúncios no Ads a profissionais especializados, o que reduz a chance de erros. Contrate uma consultoria de Google Ads, que conta com equipe capacitada para realizar esse trabalho.

 

Ao investir nesse serviço, escolha uma agência certificada Google Ads. Desse modo, é possível garantir o suporte de profissionais certificados pelo Google, assegurando que todas as campanhas sejam executadas com excelência e maior chance de retorno.

como estudar de forma rápida

Como estudar de forma rápida?

O objetivo de quem estuda é se dedicar ao máximo para conquistar a aprovação, seja ela no vestibular, em um curso específico, em um concurso público ou faculdade.

Para conquistar o resultado desejado são necessárias muitas horas de estudo, até mesmo de madrugada, uma boa dose de disciplina e muita organização.

Mas, e se você soubesse que existe um caminho mais rápido para conquistar o seu sonho? Para isso estamos aqui! Se o seu objetivo é descobrir como estudar para concurso, ou mesmo como estudar sozinho ou como estudar para faculdade, fique ligado neste texto.

A partir de agora, abordaremos as principais dicas para que você possa estudar de forma rápida e eficiente.

 

Dicas para estudar de forma rápida e eficiente

 

1- Escolha com cuidado os seus materiais de apoio

Independente do tipo de prova para a qual você está se preparando, é essencial contar com um bom e completo material didático. Agora, se você prefere estudar por video aula ou livro, é uma decisão que só cabe a você. Procure identificar de que modo você tem mais facilidade de reter o conteúdo.

Lembre-se também de deixar todos os materiais, sejam eles material de apoio administração, material de apoio marketing, material de apoio negócios, material de apoio informática, material de apoio educação bem organizados e ao alcance das mãos.

 

2- Faça anotações

Além de ajudar a relembrar sobre um conteúdo importante, a prática de anotar faz parte do processo de aprendizagem. Para anotar as informações necessárias, vale utilizar o que tiver à mão: bloco de notas do computador ou celular, caderno, agenda e tablet.

 

3- Pratique o aprendizado

Um boa dica de como estudar para uma prova é fazendo exercícios ou resolvendo questões de provas anteriores após aprender a teoria, como estudar por video aula por exemplo. Para isso, como parte dos seus materiais para estudar, considere optar por uma assinatura ou plano de questões.

 

4- Ensine seus colegas

Você pode compartilhar seus conhecimentos com os colegas e ainda aprender, ou seja, ajudar seus amigos a descobrir como estudar para prova também é estudar. A troca de conhecimentos é válida para todos, uma vez que ninguém aprende da mesma forma.

 

5- Tenha objetivos para estudar e aprender

Saiba sempre para o que você está estudando. Um grande erro de boa parte dos estudantes e concurseiros é não definir esta meta, o que resulta em um estudo ineficaz, com conteúdos desnecessários.

Desta forma, ao criar objetivos para estudar, você obtém um melhor desempenho no seu aprendizado.

 

Por fim, agora que você entendeu sobre a organização dos materiais de apoio para cursos e recebeu valiosas dicas para estudar para prova, esperamos que coloque em prática todos os ensinamentos e conselhos contidos aqui.

Aliando todos esses conceitos a uma vida equilibrada e uma rotina de estudos bem organizada você estará pronto para alcançar o objetivo que deseja sem grandes intercorrências.

Dica de última hora: para um melhor rendimento, não se esqueça de intercalar os momentos de estudos aos momentos de descanso. Afinal, o descanso será merecido.

google my business

Como colocar seu negócio no Google Maps?

Colocar seu negócio no Google Maps é uma forma de complementar sua estratégia de marketing online, aumentando a possibilidade de captar clientes e gerar novos negócios.

Mas, afinal, como colocar sua empresa no Google Maps para atingir esses resultados? A seguir, esclarecemos essa dúvida e damos informações sobre essa alternativa. Confira!

 

Por que colocar seu negócio no Google Maps?

Ao colocar seu negócio no Google Maps é possível divulgar a empresa de maneira orgânica, isto é, sem realizar pagamentos ao Google. Isso possibilitará que o consumidor ou potencial consumidor encontre seu negócio com facilidade.

Existem, ainda, outras vantagens que fazem valer a pena utilizar esse recurso, tais como:

  • Ser descoberto por potenciais consumidores, aumentando o alcance da empresa e sua chance de realizar novos negócios;
  • Passar maior confiabilidade e profissionalismo para os consumidores;
  • Gerar maior engajamento e interações em canais da empresa, com mais probabilidade de atrair novos consumidores;
  • Possibilidade de mensurar resultados de pesquisa e exibição de sua empresa;
  • Ser encontrado quando seus clientes mais precisam, o que maximiza a conversão em vendas.

 

Como cadastrar sua empresa no Google Maps?

O cadastramento deve ser realizado pelo Google My Business (Google Meu Negócio). Trata-se de uma ferramenta gratuita que possibilita que a empresa seja encontrada rapidamente pelo consumidor, seja nas páginas de resultado ou no Google Maps.

Todo o procedimento de inscrição no Google My Business é simplificado, como indicado no passo a passo a seguir:

  • Acesse o Google My Business e clique em “gerenciar agora”;
  • Faça login na plataforma com os mesmos dados usados para acessar o gmail;
  • Preencha os campos indicados com dados sobre sua empresa;
  • Confirme a autorização para gerenciar a empresa no Google My Business;
  • Verifique e confirme o endereço de seu negócio;
  • Complemente o perfil de sua empresa na ferramenta, incluindo horário de funcionamento, descrição, entre outras informações.

 

Otimize seu perfil no Google My Business

A otimização do perfil de sua empresa no Google My Business é simples e ajuda a mostrar ao Google o que sua empresa vende, público-alvo e região de atuação, ampliando as chances de exibição em resultados de busca.

No entanto, como otimizar o perfil e atingir esses objetivos? Curiosamente, a própria plataforma dá orientações ao administrador enquanto a página está sendo criada, ou seja, é um processo interativo que permite tirar máximo proveito do Google My Business.

Mas, de modo geral existem alguns pontos que podem ser otimizados rapidamente durante a criação da página. Veja quais são eles:

  • Horário de funcionamento, telefone e endereço devem estar atualizados, sempre;
  • Estimule a interação no perfil e responda os comentários dos clientes, deixando claro que há espaço para troca entre empresa e consumidor, o que passa maior credibilidade;
  • Utilize a ferramenta de postagens do Google My Business, seja para incluir imagens, vídeos, textos ou eventos envolvendo sua empresa;
  • Ative a ferramenta de agendamentos. Dessa forma, otimiza-se o tempo do consumidor;
  • Habilite a função de troca de mensagens, que funciona via chat online.

 

Precisa de suporte para colocar seu negócio no Google Maps e utilizar o Google My Business? Então, contrate uma agência digital especializada para lhe auxiliar!

curso serviço social ead

Quantos períodos tem a faculdade de Assistente Social?

O bacharelado em Serviço Social, conhecido por muitos também como faculdade de Assistente Social, é um curso que, a cada ano que passa, tem conquistado um número grande de matriculados que buscam ter como profissão o auxílio a quem precisa, uma vez que quem atua nessa área tem como principal objetivo o combate às desigualdades e a busca por soluções que contribuam para que as pessoas tenham uma melhor qualidade de vida.

Para conquistar o diploma de Serviço Social EAD é necessário pelo menos quatro anos de dedicação, o que equivale também a oito períodos. Então fique sempre atento, pois se alguma instituição oferecer um curso de Assistente Social que tenha carga inferior a 3 mil horas/aula, desconfie e jamais aceite, pois esse um descumprimento gravíssimo às normas impostas pelo Ministério da Educação.

Vamos agora elencar quais são as disciplinas, ou melhor, qual é a grade curricular presente em cada um dos semestres que compõem a faculdade de Serviço Social.

1º Período:

  • Prática Textual em Língua Portuguesa
  • Sociologia Geral
  • Filosofia das Ciências Sociais
  • Métodos e Técnicas de Pesquisa
  • Ética e Responsabilidade Profissional
  • Teoria do Direito

2º Período:

  • Estatística Aplicada
  • Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais
  • Língua Brasileira de Sinais – Libras
  • Introdução à Administração
  • Antropologia Social
  • Introdução às Ciências Sociais

3º Período:

  • Introdução ao Serviço Social
  • Fundamentos Teóricos e Metodológicos do Serviço Social I
  • Psicologia do Desenvolvimento
  • Psicologia Social e Comunitária
  • Ciências Políticas
  • Formação Social e Econômica do Brasil

4º Período:

  • Processo de Trabalho em Serviço Social I
  • Fundamentos Teóricos e Metodológicos do Serviço Social II
  • Educação Ambiental e Cidadania
  • Políticas Sociais Públicas
  • Classes e Movimentos Sociais
  • Gestão de Organizações Sociais e do Terceiro Setor

5º Período:

  • Processo de Trabalho em Serviço Social II
  • Regulamentação e Código de Ética em Serviço Social
  • Identidades Culturais e Serviço Social no Brasil
  • Políticas Públicas da Criança e do Adolescente
  • Direito e Legislação Social
  • Serviço Social e os Desafios Profissionais Contemporâneos

6º Período:

  • Serviço Social e Assistência Social
  • Economia Política
  • Políticas Públicas da Terceira Idade
  • Serviço Social e Seguridade – Saúde

7º Período:

  • Relações Interpessoais
  • Assessoria e Consultoria em Serviço Social
  • Política de Saúde e Proteção Social no Brasil
  • Serviço Social e Seguridade – Previdência
  • Tópicos Especiais em Serviço Social

8º Período:

  • Relações Familiares e Gênero
  • Educação e Movimentos Populares
  • Políticas Públicas da Educação Especial
  • Desigualdades Sociais no Brasil

Além de todas essas disciplinas acima listadas, haverá ainda a necessidade de realizar Atividades Complementares, Atividades Integradoras (no 2º, 4º e 6º períodos) passar por Estágio Curricular Supervisionado (no 5º, 6º, 7º e 8º períodos), e por fim, produzir o famoso TCC – Trabalho de Conclusão de Curso.

Onde fazer o curso de Serviço Social?

Esse é um ponto extremamente importante a ser levado em consideração, pois certamente fará enorme diferença tanto no que diz respeito à qualidade do ensino como também ao modo como seu diploma será visto pelo mercado de trabalho. Antes de mais nada, o seu curso de Serviço Social deve ser feito em uma instituição credenciada em EAD com nota máxima pelo MEC.

Certifique-se também de que sua faculdade a distância te dará opção de escolher estudar com ou sem a necessidade de estar conectado à internet. Para isso ela deve disponibilizar materiais didáticos, cujos valores precisam já estar incluídos na mensalidade, compostos por livros impressos e videoaulas em DVD’s para quem prefere o estudo offline, ou esses mesmos conteúdos em suas versões digitais presentes no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), para aqueles que não abrem mão de estudar online.

Certifique-se ainda que esses materiais sempre abordarão o mesmo conteúdo. Para isso eles devem ser produzidos por um mesmo autor. Dessa forma você terá a certeza de que o conceito de unidade está presente, e isso é um diferencial que certamente precisa ser levado em conta quando falamos de graduação EAD.

Tendo esses cuidados na hora de escolher em qual instituição iniciará sua jornada rumo à formação como Assistente Social, você terá a certeza de que suas vontades serão respeitadas, o aprendizado terá o máximo em qualidade, e o seu diploma terá excelente receptividade por parte dos principais setores onde o Serviço Social é executado.

No mais, parabéns por escolher a faculdade de Serviço Social e muito sucesso durante essa tão honrosa profissão!

tecnologia da informação

Perfil de profissional de gestão da tecnologia da informação

Se você está pensando em iniciar um curso de gestão de tecnologia da informação precisa conhecer mais sobre o perfil desses profissionais e o que o mercado de trabalho vai esperar de você, depois de formado. Esse curso tem como objetivo preparar o aluno tanto para a administração de software, banco de dados, mas também para a gestão de pessoas, com foco na melhoria e otimização de processos.

Sendo assim, o profissional de gestão de tecnologia da informação precisa ter um perfil multifacetado. Já que durante o curso, terá acesso tanto às matérias da área da administração, quanto às disciplinas ligadas à computação, aliando a teoria à prática. Ou seja, você precisa saber disso antes mesmo de iniciar o seu curso e estar preparado para desenvolver habilidades nessas duas áreas. Afinal, é esse o perfil mais procurado pelo mercado de trabalho.

Atualmente, pode-se dizer que a área de TI é um parte muito importante no fluxograma de diferentes empresas e o destaque deste setor é o profissional de gestão de tecnologia da informação. Ele é responsável, por meio das perspectivas gerenciais, criar métodos e ferramentas para os processos de uma companhia. Assim como, planejar e organizar o uso de cada tecnologia de uma maneira inteligente, garantindo assim maior crescimento e competitividade para as organizações.

 

Como é o curso de gestão de tecnologia da informação

Se você ficou interessado pela área e acha que se encaixa no perfil exigido para os profissionais de gestão de tecnologia da informação, precisa saber mais sobre o curso. Normalmente, o curso de tecnologia possui de dois a dois anos e meio de aprendizagem. Durante esse tempo, o aluno contará com matérias como:

 

– Introdução à Computação
– Matemática Aplicada
– Algoritmos e Programação
– Comunicação Empresarial
– Gestão de Governança em TI
– Estrutura de Dados
– Sistemas Operacionais
– Redes de Computadores
– Modelos de Gestão
– Arquitetura e Organização de Computadores
– Gestão de Pessoas
– Engenharia de Software
– Direito Empresarial
– Gestão da Segurança da Informação
– Gestão de Projetos
– Cálculo (diferencial e Integral)
– Lógica de Programação
– Infraestrutura de TI
– Gerenciamento de Banco de Dados
– Gestão de Tecnologia da Informação
– Sistemas Inteligentes
– Administração Financeira
– Empreendedorismo
– Segurança e Auditoria de Sistemas

 

Lembrando que essa lista de matérias é apenas uma prévia do que o aluno verá durante o curso de gestão de tecnologia da informação. Além da teoria, o estudante também terá que desenvolver trabalhos e resolver provas sobre os assuntos, precisando alcançar uma média para ser considerado aprovado. E essa base de ensinamento vale tanto para os cursos presenciais quanto para o método EAD.

Aliás, o curso a distância pode ser um boa forma de ter acesso a conteúdo de qualidade sobre o assunto, mas ainda conseguir economizar com a mensalidade. Afinal, o curso EAD tende a ter valores mensais 50% menores do que os de um curso presencial. Sem contar que o aluno não precisa gastar um valor extra com deslocamento até a instituição de ensino e nem perder mais algumas horas no trânsito. E no final do curso, o diploma é o mesmo do presencial, sem distinções.

Como aumentar o desempenho físico com pré-treino?

Aumentar o desempenho físico em treinos na academia é o desejo de muitos, principalmente de quem busca emagrecer ou ganhar massa muscular, podendo atingir resultados mais expressivos em menor prazo.

Existe uma maneira extremamente eficaz de aumentar o desempenho, é só investir em um pré-treino diferenciado. A seguir, indicamos o que pode ser feito para potencializar sua performance. Confira e coloque as dicas em prática!

Dicas de pré-treino para aumentar o desempenho

Seu desempenho em treinos pode ser maximizado ao adotar dicas simples e fáceis no dia a dia, como as que são listadas a seguir:

Alimente-se corretamente

A alimentação pré-treino é importante para ter um melhor desempenho físico em treinos e possibilitar a realização de exercícios mais intensos ou por um período maior. Mas, o que comer no pré-treino?

De modo geral, recomenda-se o consumo de alimentos com taxas elevadas de energia, como os com carboidrato complexo, que possuem índice glicêmico baixo. O organismo absorverá esse carboidrato de forma lenta, liberando energia de maneira contínua.

Justamente por isso esse tipo de alimento é mais indicado no pré-treino, garantindo energia por um longo período e máximo desempenho. É possível ter esse benefício ao consumir grãos e pães integrais e iogurte light, por exemplo.

Um detalhe importante sobre a alimentação pré-treino: nunca faça sua série de exercícios físicos em jejum, porque seu corpo não terá energia suficiente, o que aumenta o risco de gerar problemas como náusea, dor de cabeça e sensação de desmaio.

Hidrate-se

O consumo de água é importante para manter a temperatura corporal e reduzir o risco de desidratação durante a realização do treino. Dê preferência para a ingestão de isotônicos, que melhoram a resistência muscular, além de hidratar.

É fundamental ressaltar que o consumo de água ou isotônico deve ocorrer antes e durante a prática de exercícios, assegurando os benefícios da hidratação em diferentes etapas.

Use suplementos pré-treino

Os suplementos pré-treino são responsáveis por proporcionar uma explosão de energia e dar suporte no processo de ganho de massa muscular. Quando investir nessa dica, procure utilizar suplementos que tenham:

  • Cafeína: estimula a produção de energia e resistência aeróbica em treinos de longa duração. Possui efeito termogênico, ou seja, queima uma maior quantidade de calorias. Além disso, reduz o uso do glicogênio muscular e ajuda na definição dos músculos;
  • Taurina: indicada para ganho de massa magra e para evitar o catabolismo, impedindo que o corpo utilize as proteínas para geração de energia;
  • Arginina: auxilia na formação de músculos, melhora a circulação sanguínea e regeneração celular. Paralelamente, possibilita o aumento da absorção de nutrientes e o transporte de aminoácidos.

A suplementação pré-treino Máximo Desempenho e Energia é uma excelente alternativa com esses ativos. O suplemento também traz em sua composição o BioPerine, que é um potencializador de biodisponibilidade, aumentando a ação de nutrientes.

Outro componente é o inositol, suplemento de vitamina do complexo B. É destinado a manter as células saudáveis e estimular a queima de gordura, auxiliando na perda de peso. Invista na suplementação e tenha um melhor pré-treino.